Alagoas

Covid-19: governador antecipa entrega do Hospital Metropolitano para 15 de maio

Gilson Monteiro | 30/03/20 - 14h41 - Atualizado em 30/03/20 - 16h30
Fotos: Arquivo/Agência Alagoas

Na linha de medidas emergenciais para estruturar o estado durante a pandemia de coronavírus, o governador de Alagoas, Renan Filho (PMDB), anunciou nesta segunda-feira, 30, a atencipação da entrega do Hospital Metropolitano para o dia 15 de maio. 

A unidade, que inicialmente tinha previsão de entre para o final do primeiro semestre, reforçará a demanda de pacientes no estado com mais 100 leitos clínicos e outros 30 de UTI. 

O hospital irá funcionar no Tabuleiro do Martins, e está sendo contruído com recursos próprios do Governo do Estado,de cerca de R$ 74 milhões. 

“Em período de crise, de emergência, a gente precisa antecipar o cronograma das entregas e nós, numa grande reunião realizada hoje pela manhã, decidimos antecipar a entrega do Hospital Metropolitano. O equipamento será entregue no próximo dia 15 de maio com 100 leitos clínicos e 30 de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para ajudar Alagoas a combater a pandemia do novo coronavírus”, declarou o governador.

O Metropolitano possui seis pavimentos, todos já edificados, e 15 alas. O equipamento terá capacidade para realizar 10.300 atendimentos mensais, beneficiando moradores da parte alta de Maceió, da Zona da Mata e das regiões Metropolitana e Norte do estado.