Futebol

CSA goleia o Murici no Rei Pelé e está na final do Campeonato Alagoano

Redação TNH1 | 03/08/20 - 15h33 - Atualizado em 03/08/20 - 18h20
Rodrigo Pimpão comemora o gol que abriu o placar no Trapichão | Pei Fon / TNH1

O CSA está na final do Campeonato Alagoano 2020. O Azulão goleou o Murici por 4 a 0 na tarde desta segunda-feira (3), na semifinal disputada no Rei Pelé, em Maceió, e carimbou a vaga para a quinta decisão seguida no Estadual. Rodrigo Pimpão (2), Joaquim (contra) e Luciano Castán marcaram os gols da partida, todos no segundo tempo. O Verdão ainda teve o zagueiro Adalto expulso aos 33' da etapa final. O TNH1 e a Rádio Pajuçara FM Maceió - 103,7 acompanharam a partida. 

O Azulão agora espera o vencedor do confronto entre CRB e ASA, que jogam às 21h desta segunda-feira (3), também no Estádio Rei Pelé. A final do Campeonato Alagoano será disputada em jogo único nesta quarta-feira (5). 

O regulamento para as semifinais sofreu alterações devido ao calendário apertado pela paralisação causada pela pandemia e o início das competições nacionais já foi marcado para o próximo fim de semana. Antes com jogos de ida e volta, a semifinal do Estadual vai acontecer agora em jogo único e, em caso de empate, a decisão será nos pênaltis. Para a final, seguem as mesmas determinações.  

Primeiro tempo zerado

A importância do jogo não refletiu dentro de campo durante a primeira metade da etapa inicial. Com muitos passes errados e definições precipitadas, CSA e Murici fizeram um duelo sonolento até os 30 minutos. O Verdão da Zona da Mata teve a iniciativa aos 32' e fez o goleiro Thiago Rodrigues trabalhar em finalização de Etinho. O camisa 9 bateu de fora da área e o arqueiro azulino deu um tapa para escanteio. O Murici ainda chegou em outro chute de longa distância, mas sem perigo. 

O Azulão só acelerou a partida na reta final. Aos 42', Norberto cobrou escanteio, Alan Costa apareceu bem e cabeceou a bola na trave, Pimpão ainda pegou a sobra, mas desperdiçou. Já aos 46', Michel Douglas arriscou de fora da área em chute rasteiro e Alexandre segurou sem problemas. 

Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1
Pei Fon / TNH1

Goleada e CSA na final

Com Nadson no lugar de Rafael Bilu, Eduardo Baptista colocou a organização que o time precisava na volta do intervalo. Logo aos 7', o meia acionou Rodrigo Pimpão na ponta direita, o atacante invadiu a área e mandou a bola na gaveta para abrir o placar. O Murici teve a chance de empatar em cobrança de falta aos 20', mas Etinho finalizou para fora. O CSA seguiu perigoso pela direita e ampliou aos 32'. Norberto cruzou por baixo, Joaquim tentou cortar e mandou contra o próprio patrimônio. 

No minuto seguinte, Adalto deu forte entrada em Nadson e recebeu vermelho direto. O CSA aproveitou a vantagem numérica e foi para cima. Aos 38', Nadson costurou pela esquerda e deixou Pimpão na boa para anotar o terceiro. Já aos 43', Luciano Castán pegou a sobra em cobrança de escanteio e mandou uma bomba no ângulo para decretar o placar e a classificação azulina para a final da competição. 

Ficha técnica

CSA

12- Thiago Rodrigues
2- Norberto (6- Diego Renan, aos 33' do 2º tempo)
3- Alan Costa
4- Luciano Castán
23- Igor Fernandes
5- Márcio Araújo
25- Yago (21- Geovane, aos 27' do 2º tempo)
7- Andrigo (29- Allano, aos 19' do 2º tempo)
17- Rodrigo Pimpão
11- Rafael Bilu (8- Nadson, no intervalo)
9- Michael Douglas (99- Alecsandro, aos 19' do 2º tempo)

Técnico: Eduardo Baptista

Banco: 1- Cajuru, 6- Diego Renan, 8- Nadson, 13- Caio Felipe, 15- Diego Maurício, 18- Richard Franco, 21- Geovane, 27- João Paulo, 29- Allano, 30- Leandro Souza, 31- Bruno Grassi e 99- Alecsandro. 

Murici

22- Alexandre
17- Clayton
3- Adalto
2- Joaquim Silva
33- Tadeu
14- Caio
7- Matheus Oliveira (25- André, aos 11' do 2º tempo)
11- Nona (15- Luan, no intervalo) (Carlos Alberto, aos 41' do 2º tempo)
10- Souza (20- Jonny, aos 16' do 2º tempo)
8- Rodrigo (21- Rayan, aos 41' do 2º tempo)
9- Etinho

Técnico: Elenílson Santos

Banco: 1- Adrian Serpa, 21- Rayan, 4- Sinval, 6- Rafael, 20- Jonny, 12- Carlos Jr., 16- Bruno, 13- Jacó, 18- Douglas, 15- Luan, 5- Edvaldo, 19- Arthur e 25- André. 

Gols

CSA: Rodrigo Pimpão (7' e 38' do 2º tempo), Joaquim (contra, aos 32' do 2º tempo) e Luciano Castán (43' do 2º tempo)

Cartão vermelho 

Murici: Adalto. 

Arbitragem

Árbitro: Dênis Ribeiro Serafim (CBF/AL);
Assistente 1: Esdras Mariano de Lima (CBF/AL);
Assistente 2: Brígida Cirilo Ferreira (CBF/AL);
Quarto árbitro: José Jaini Oliveira Bispo (CBF/AL);
Analista: Lydia Pollyana Castela (CBF/AL).