Futebol

CSA vence o Figueirense por 3 a 0 e sobe na tabela; CRB tropeça com o Confiança

TNH1 com Futebol Interior | 07/10/20 - 07h57 - Atualizado em 07/10/20 - 08h10
Divulgação/Ascom CSA

O CSA aplicou 3 a 0 no Figueirense no Estádio Rei Pelé e subiu para o 12º lugar na tabela de classificação da Série B do Campeonato Brasileiro. Já o CRB tropeçou em Aracaju e perdeu para o Confiança por 1 a 0, o que fez o Regatas cair para a 8ª posição. Os jogos dos alagoanos aconteceram nessa terça-feira, 06.

Com o resultado conquistado em Maceió, o Azulão chegou aos 16 pontos e vive um bom momento sob o comando de Mozart Santos. O próximo desafio da equipe maruja será contra o Paraná, também no Rei Pelé, às 18h30 do próximo sábado.

O Galo permaneceu com 20 pontos e agora está a três do G4. O Alvirrubro visita o Guarani também no sábado, um pouco mais cedo, às 16h30.

Veja abaixo detalhes dos confrontos de ontem:

CSA x FIGUEIRENSE

Depois de um início equilibrado, logo o CSA passou a dominar as ações em campo e passou a buscar o gol. Que saiu num pênalti, aos 18 minutos, bem cobrado por Paulo Sérgio. Ele deslocou o goleiro Rodolfo Castro. A falta foi de Matheus Neris em cima de Nadson, escalado para deixar o CSA mais ofensivo.

Mantendo a pressão ofensiva, o time alagoano ampliou o placar aos 28 minutos. A jogada começou do lado esquerdo e a defesa não cortou direito o cruzamento. A sobra ficou para Madson, que pegou a bola de costas, fez o giro de Marquinho e já bateu de primeira. A bola, bem colocada, entrou no canto esquerdo do goleiro.

(Crédito: Divulgação/Ascom CSA)

No segundo tempo, o Figueirense voltou mais adiantando na tentativa de reagir. Com isso, exigiu o recuo do CSA que passou a explorar os espaços para armar os contra-ataques.

O Figueira ainda criou duas boas chances para diminuir o placar, porém, errou nas finalizações. O CSA aproveitou e marcou o terceiro gol aos 39 minutos, quando Pedro Lucas invadiu a área e na frente do goleiro só deu um tapinha para mandar a bola às redes.

CONFIANÇA x CRB

O primeiro lance relevante da partida aconteceu aos seis minutos, quando Luidy, importante peça ofensiva do ataque do CRB, arrancou e acabou sentindo uma fisgada na posterior da coxa direita, sendo substituído por Magno Cruz. Depois, o que se viu foi domínio dos donos da casa.

O time sergipano tentava, mas estava sem inspiração, e encontrou dificuldades para criar lances perigosos. O CRB precisou fazer outra alteração, na lateral direita, e Lucas Mendes substituiu Reginaldo.

(Crédito: Luiz Neto)

A etapa final foi bem menos intensa do que os primeiros 45 minutos. Daniel Paulista, inclusive, percebeu isso e, aos 17, promoveu duas alterações para deixar o Confiança mais ofensivo. E acabou sendo recompensado. Aos 20, Ari Moura, que havia acabado de entrar, arriscou de fora da área e, contando com falha do goleiro Edson Mardden, abriu o placar.

O Galo ainda criou duas ótimas chances para empatar com bolas alçadas, mas não obteve êxito. Aos 36, Diego Torres colocou na área, Alisson Safira desviou de cabeça, mas Rafael Santos voou para colocar para escanteio. Após a batida do esquinado, Igor subiu mais do que todo mundo e testou forte, carimbando o travessão do goleiro proletário, que nada pôde fazer.