Brasil

Detentas grávidas ganham ensaio fotográfico em presídio na Paraíba

Com agências | 08/04/19 - 10h13 - Atualizado em 08/04/19 - 10h48
Detenta Kananda Oliveira em ensaio gestacional | Foto: Angelina Sátiro/Divulgação

Detentas grávidas e uma mãe com seu bebê de seis meses ganharam um ensaio fotográfico na última sexta-feira (05), na Penitenciária Feminina Júlia Maranhão, em João Pessoa. O book para as novas mamães e os bebês aconteceu através de doações de parceiros da direção da unidade. 

A iniciativa partiu da diretora do presídio, Cynthia Almeida, após ter lido sobre uma ação parecida em uma unidade prisional no Espírito Santo. A motivação era incentivar um maior contato de mães em privação de liberdade com seus filhos. 

A direção entrou em contato com duas detentas gestantes e uma mãe de um bebê de seis meses, que se interessaram na ideia. As mamães Kananda Oliveira e Renata Rodrigues Carvalho posaram para o ensaio gestacional e Adriana da Silva Nascimento completou as fotos com o filho. 

Renata Rodrigues foi uma das mamães que participou da ação

Com o book, as mulheres ganharam um dia bem diferente ao que estão acostumadas na prisão, com produção de cabelo e maquiagem, além da longa sessão de fotos. A fotógrafa Angelina Sátiro e a maquiadora Ingrid Navarro foram as convidadas para participar da iniciativa. 

A diretora explica que a Secretaria de Administração Penitenciária tem uma política voltada para a humanização dos detentos. Ela ainda relatou que a ação emocionou não só as detentas, mas também toda a equipe da penitenciária formada quase toda por mulheres mães. 

“A prisão é apenas uma condição temporária. Já a maternidade é para uma vida inteira.", conclui Cínthya Almeida, diretora da unidade prisional.

Adriana Nascimento com seu bebê em ensaio na penitenciária