Polícia

Dois homens são presos e um menor apreendido por assassinato de mulher trans

TNH1 com Ascom PC-AL | 01/10/20 - 11h29 - Atualizado em 01/10/20 - 11h57
Reprodução

A Polícia Civil informou que o assassinato de uma mulher trans encontrada morta na manhã dessa quarta-feira (30), em São José da Laje, está esclarecido. O corpo foi localizado no Conjunto Armando Lyra, e havia marca de facada no pescoço. Dois foram presos e um menor apreendido.

De acordo com o delegado Edberg Sobral, titular do Distrito Policial de São José da Laje, a vítima havia passado a noite anterior na companhia de cinco pessoas ingerindo bebida alcoólica em uma residência, e, em função de um desentendimento, três dos participantes resolveram matá-la. Veja vídeo.

As cinco pessoas foram conduzidas pelas equipes das polícias Civil e Militar para o Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp), de São José da Laje, e interrogados pela autoridade policial.

Após os depoimentos, dois adultos foram presos e um menor apreendido pela participação no homicídio.

O delegado disse também que dois dos envolvidos, após a morte da mulher trans, foram na casa de uma prima de um deles em busca de um carro de mão para carregar o corpo. “Diante da negativa dela, eles retornaram a residência onde estava a vítima, e com as próprias mãos carregaram o corpo desovando o mesmo num matagal próximo ao local do crime”, frisou o delegado.

“Diante do apurado, imputamos aos mesmos os crimes de homicídio qualificado e de ocultação de cadáver, e após denúncia do Ministério Público eles vão responder judicialmente pelo crime cometido”, concluiu Edberg Sobral.