Polícia

Dois são presos em Marechal Deodoro suspeitos de matar filho de subtenente da PM

TNH1 com Real Deodorense | 19/11/21 - 09h33 - Atualizado em 19/11/21 - 09h39
Carro onde Igor Tácio foi executado | Foto: Real Deodorense

Nesta sexta-feira (19), dois homens foram presos na Ilha de Santa Rita, em Marechal Deodoro, suspeitos de participação na morte de Igor Tácio da Silva Lins, de 30 anos, filho de um subtenente da Polícia Militar de Alagoas. A suspeita da Polícia Civil é de que a morte tenha sido motivada pela disputa do tráfico de drogas na região.

Igor Tácio foi assassinato no último dia 1º dentro de um veículo, quando foi atingido por seis disparos de arma de fogo.  Após perícia, o Instituto de Criminalística (IC) constatou que ao menos três tiros atingiram a cabeça da vítima. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionada, mas já encontrou Igor morto. Ele estava em um Fiesta de cor branca e placas MUM-1058.

As prisões foram realizadas por agentes do 17º Departamento de Polícia (17ºDP) e os mandados foram expedidos pela Juíza Fabíola de Melo Feijão, titular da 2ª Vara Cível e Criminal da Comarca de Marechal Deodoro. Os presos foram levados ao Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) de Marechal Deodoro.