Alagoas

Em Alagoas, 541 crianças e adolescentes foram assassinados em 2013

30/06/16 - 08h26 - Atualizado em 30/06/16 - 15h40
TNH1 / Arquivo

A violência no estado de Alagoas tirou a vida de 541 crianças e adolescentes, no ano de 2013, média acima de um crime por dia. O número é altíssimo comparado com pelo menos 20 outros estados do Brasil, com maior população, mas onde foram vitimados menos jovens.

É possível fazer a constatação a partir do índice de homicídios por 100 mil habitantes, que em Alagoas foi de 43,3 mortes, taxa que leva o Estado ao primeiro lugar no ranking dos assassinatos de crianças e adolescentes de menos de um ano até 19 anos de idade.

Atrás de Alagoas ficam o Ceará (33,7), Espírito Santo (37,3), Rio Grande do Norte (27,9) e Roraima (27,8), ocupando as primeiras posições. O Brasil tem média de 16,3 homicídios de menores de idade por 100 mil habitantes (veja tabela).

Os dados são de um estudo divulgado nesta quinta (30) pelo Programa de Estudos sobre Violência da Flacso (Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais).

A Capital

Em Maceió, foram assassinadas 251 crianças e adolescentes, número também muito alto, considerando que outras 23 capitais têm índices menores. No Nordeste, só ficam acima de Maceió as capitais Fortaleza (651) e Salvador (343).

Considerando a taxa de homicídios por 100 mil habitantes, Maceió fica em segundo com 76,7. O primeiro lugar ficou com Fortaleza (81,3) e o terceiro com João Pessoa (61,9).

Jovens de 16 e 17 anos

Entre os adolescentes de jovens de 16 e 17 anos de idade, foram registrados 189 homicídios no ano de 2013 em Alagoas. A taxa por 100 mil ficou em 147, deixando novamente Alagoas no primeiro lugar.

Atrás, seguem Espírito Santo (140,6), Ceará (108) e Rio Grande do Norte (98,1).

Em Maceió, foram 81 homicídios entre jovens dessa idade naquele ano. Com taxa de 236,2 crimes por 100 mil habitantes, a capital alagoana ocupou o segundo lugar, atrás de Fortaleza (267,7) e seguida por João Pessoa (222,6), que ficou em terceiro no ranking.

Os 100 municípios brasileiros mais violentos para crianças e adolescentes

Alagoas tem quatro municípios entre os 100 mais violentos para crianças e adolescentes. São eles: Maceió, no 6º lugar, Rio Largo (11º), Arapiraca (23º) e União dos Palmares (30º).