Maceió

Em protesto, rodoviários atrasam saídas de ônibus de garagem da Real Alagoas

TNH1 | 20/05/20 - 09h30 - Atualizado em 20/05/20 - 09h53
Arquivo TNH1

Cerca de 160 ônibus foram impedidos de deixar a garagem da empresa Real Alagoas, no bairro Tabuleiro do Martins, durante um protesto realizado por rodoviários nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira, 20. Os coletivos voltaram a circular normalmente depois das 7h da manhã.

Os funcionários, entre motoristas, cobradores e outros profissionais, discutiram sobre a possibilidade de cruzar os braços nos próximos dias caso a viação não cumpra com o pagamento do salário do mês de abril, como também com o fornecimento do valor do ticket-alimentação.

O TNH1 entrou em contato com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Alagoas (Sinttro/AL), Sandro Régis, e foi informado que a manifestação foi realizada por um grupo que faz oposição ao sindicato. Segundo ele, uma assembleia estava agendada para hoje, porém foi cancelada por recomendação da Segurança Pública, em virtude da pandemia do coronavírus.

"O secretário Lima Junior havia feito a recomendação ontem, para que a gente não realizasse a assembleia, porque ia ter aglomeração de pessoas. Prontamente foi atendido pelo sindicato e a categoria foi comunicada. Um grupo insatisfeito realizou por conta própria", disse.

Ainda de acordo com Sandro Régis, a empresa já sinalizou que o pagamento do salário deve começar ainda nesta semana, podendo ser prorrogado até o dia 27. Já o pagamento do ticket-alimentação, segundo o Sinttro, deve ser disponibilizado no dia 29 de maio.

O Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros de Maceió (Sinturb), por meio de nota, confirmou que houve o acordo para que o salário fosse pago nos próximos dias e destacou que as empresas enfrentam uma crise agravada com a perda de 75% dos passageiros durante a pandemia. 

Leia a nota do Sinturb na íntegra:

O Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros de Maceió - Sinturb, esclarece  que foi pego de surpresa com as paralisações nas garagens na manhã de hoje. O pagamento dos rodoviários foi prorrogado para o dia 29 de maio após um acordo entre empresas, Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário - Sinttro e Prefeitura de Maceió. 

A manifestação que ocorre na manhã desta quarta-feira (20), está realizada pela oposição do Sindicato, uma divergência entre os próprios rodoviários. Um grupo de rodoviários impediu a saída dos veículos e dos trabalhadores.

O sinturb reforça que as empresas estão enfrentando uma das maiores crises do setor, situação essa, agravada com a perda de 75% dos passageiros durante as medidas de isolamento contra o coronavírus. 

Porém, as empresas estão buscando junto à Prefeitura de Maceió resolver a situação da melhor forma para realizar os pagamentos e manter o serviço de transporte funcionando e que passageiros não sejam prejudicados.