Brasil

Em reunião com prefeitos, Pazuello anuncia início da vacinação para a próxima quarta-feira

O Globo | 14/01/21 - 12h55 - Atualizado em 14/01/21 - 13h34
Foto: Agência Brasil

Após reunião com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, prefeitos afirmaram nesta quinta-feira que a vacinação no Brasil deve começar no dia 20 deste mês. Ou seja, na quarta-feira da semana que vem. A data teria sido definida pelo próprio Pazuello.

A informação foi confirmada pelo GLOBO junto à Prefeitura de Campinas (SP). O chefe deste Executivo municipal, Jonas Donizette (DEM), preside a Frente Nacional de Prefeitos (FNP). O grupo reúne mais de 100 governantes locais.

O prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (DEM), escreveu em sua conta no Instagram que serão distribuídas 8 milhões de doses das vacinas aos estados, que redistribuirão aos municípios.

“Em reunião com Ministério da Saúde. A partir de semana que vem serão distribuídas 8 milhões de doses no Brasil, 2 da Astrazeneca e 6 da Coronavac. Ideia, segundo Ministro, é iniciar dia 20, quarta. Estados recebem e distribuem para municípios”, informou.

Jonas Donizette revelou que durante reunião com Pazuello, o ministro confirmou que as doses da vacina chegarão ao Brasil na próxima quinta-feira, dia 21 de janeiro e explicou como será a logística de entrega aos estados e municípios brasileiros.

"Ele [Pazuello] nos deu o prazo para o dia 21 as chegadas das vacinas da AstraZeneca e CoronaVac, também acrescentou a logística do vôo, que sairá amanhã. Os estados serão tratados equanememente e as doses chegarão no mesmo dia a cada localidade. As duas milhões de doses da AstraZeneca serão aplicadas de imediato, porque o intervalo dela é de três meses, tendo tempo para chegar a segunda remessa e aplicar essas doses. Já CoronaVac tem um intervalo de 21 dias. Então, os municípios receberão de uma só vez. Devemos ter cinco milhões de brasileiros vacinados já de imediato", pontuou