Polícia

Empresário condenado duas vezes por tráfico é preso com identidade falsa

19/04/16 - 14h27 - Atualizado em 19/04/16 - 14h28
Cortesia/PC

Ele passava despercebido por cerca de dois anos, como dono de um bar conhecido na entrada de umas das praias mais famosas de Alagoas, a praia do Francês, em Marechal Deodoro. Com a identidade de um paulista chamado Deivid de Souza  (35 anos), o goiano Davyd Milton Coelho Vargas foi preso no Fórum de Marechal Deodoro, logo após uma audiência em que foi apenas testemunhar, na manhã desta terça-feira (19).

De acordo o chefe de cartório da Policia Civil da cidade, Marcos Albuquerque, Davyd estava sendo investigado por aproximadamente um mês e meio, quando apresentou à Justiça a identidade falsa, logo percebida pelas autoridades. Em contato com a Polícia de São Paulo, foi constatada a fraude. A Polícia de Alagoas, então, esperou Marcos voltar ao Fórum para prendê-lo.

Ainda segundo Marcos Albuquerque, a Polícia de Goiás informou que Davyd tem expedido contra ele dois mandados de prisão (um de 14 anos e outros de 16 anos), referentes a duas condenações por tráfico de drogas.

O mais irônico de toda essa história, é que o Davyd (que dizia ser “Deivid”) dizia ser paulista, mas tem um bar chamado Churrasquinho do Goiano.