Alagoas

Entidades defendem reabertura planejada e gradual do setor produtivo alagoano

TNH1 | 26/03/20 - 17h31 - Atualizado em 26/03/20 - 18h06
Foto: Arquivo/TNH1

Entidades do setor econômico alagoano emitiram uma nota oficial, onde solicitam do governo do estado a reabertura do setor produtivo e das instituições públicas. A Associação Comercial de Maceió e a Federação das Associações Comerciais de Alagoas defendem um retorno planejado e gradual, com horários especiais de funcionamento, "para que a vida normal volte a ser construída e que os milhares de trabalhadores do setor produtivo alagoano possam também enfrentar esse momento único e tão delicado em nossa história". 

"Vale ressaltar que nunca vivemos algo precedente em todo o mundo, o que nos faz crer que as saídas precisam ser encontradas de forma dialogada, coletiva e em consenso com todos os agentes que possam auxiliar, para encontrarmos uma solução para esse momento que aflige toda população, do ponto de vista de saúde e econômico", diz a nota, reproduzida na íntegra no final desta reportagem.

FIEA - Nessa quarta, 25, o presidente da Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea), José Carlos Lyra de Andrade, também falou da preocupação do setor produtivo com os efeitos do isolamento social.  Lyra destacou a necessidade das medidas preventivas tomadas pelo governo, mas disse temer  que o excessivo rigor acabe provocando danos sociais de efeito incalculável.

Em Alagoas, o setor produtivo está fechado - com exceção dos serviços essenciais - desde o dia 21, quando o governador Renan Filho determinou, em decreto de emergência, o fechamento do comércio, indústria e serviço, salvo as exceções.  O objetivo é conter o avanço da contaminação do coronavírus, que no estado já contabiliza 11 carsos confirmados e 207 casos em investigação, segundo o boletim epidemiológico divulgado nessa quarta-feira, pela Secretaria de Estado da Saúde. 

Leia a nota na íntegra:

NOTA OFICIAL

A Associação Comercial de Maceió vem no alto de seus 154 anos de história e toda sua representatividade se pronunciar após os últimos acontecimentos relacionados a crise da COVID-19. Vale ressaltar que nunca vivemos algo precedente em todo o mundo, o que nos faz crer que as saídas precisam ser encontradas de forma dialogada, coletiva e em consenso com todos os agentes que possam auxiliar, para encontrarmos uma solução para esse momento que aflige toda população, do ponto de vista de saúde e econômico.

Nos posicionamos destacando o valor da vida. Ela não tem preço, nem pode ser colocada em um plano inferior ou paralelo no momento de vencermos essa crise. Em todas ocasiões em que nos colocamos a dialogar com quem quer que seja temos como farol a defesa da vida. Estamos passando por um momento onde o Estado acertadamente se preocupa com a propagação da COVID-19. Essa política se mostrada eficiente e com resultados positivos. Os estragos que poderiam ser gerados já vêm sendo mitigados a partir dessas decisões.

Neste cenário, a Associação Comercial quer colaborar com o setor público nos entendimentos que estão sendo planejados para o enfrentamento à COVID-19 e ao mesmo tempo manter os milhares de empregos que podem ser perdidos durante essa crise. Temos a certeza que trabalhando juntos, setor público e privado, encontraremos a melhor saída para alcançarmos a vitória. E neste sentido estamos sendo ouvidos e apresentando propostas.

Para tanto, seguimos com tratativas diárias com o governador Renan Filho e com prefeito de Maceió, Rui Palmeira, avaliando a situação do momento e com informações das autoridades de saúde pública. Ao passo que encaminhamos uma solicitação de reabertura do setor produtivo e das instituições públicas. Defendemos que esse retorno se dê de forma gradativa e planejada, com horários especiais de funcionamento, para que a vida normal volte a ser construída e que os milhares de trabalhadores do setor produtivo alagoano possam também enfrentar esse momento único e tão delicado em nossa história.

Que Deus nos dê serenidade para vencermos esse desafio gigantesco.

KENNEDY PINAUD CALHEIROS
Presidente da Associação Comercial de Maceió
Presidente da Federação das Associações Comerciais de Alagoas