Conteúdo de Marca

Espaço compartilhado é nova tendência de trabalho

21/01/19 - 18h59 - Atualizado em 23/01/19 - 12h11

Os escritórios compartilhados viraram uma grande tendência no mercado de trabalho mundial, especialmente nas grandes metrópoles. Nos chamados coworkings, os espaços integrados ajudam a reduzir custos e aumentam as relações entre os usuários, favorecendo as parcerias de negócio.

Em Maceió, um grande coworking entrou em operação no Parque Shopping, em Cruz das Almas. O espaço é um empreendimento comandado pelas arquitetas Aniete Rocha e Margíria Mercia e já é considerado o maior escritório compartilhado de Alagoas.

“Nossa ideia nasceu durante a última edição da Casa Cor, onde apresentamos o ambiente Coworking e o colocamos para uso dos visitantes. A experiência deu tão certo que decidimos montar um espaço para valer”, comenta a empresária Aniete.

Para criar o espaço, as sócias buscaram referências internacionais. Margíria Mercia viajou por vários países da Europa a fim de entender melhor o mercado e trazer tendências inovadoras. “Foi assim que ampliamos o conceito e vimos como fora do Brasil, o compartilhamento não é apenas uma forma mais econômica de ambiente corporativo, mas também de ampliação de relações profissionais”, complementa.

Ambas são sócias no escritório N3AU, especializado em Arquitetura Corporativa. Batizado de N3AU Conecta, o coworking fica na praça de alimentação do shopping e acomoda mais de 60 pessoas simultaneamente.

O espaço conta estações individuais em mesas compartilhadas, salas privativas, além de auditório e estúdio profissional de foto e vídeo. O uso é feito por aluguel flexível, que pode ser contratado por hora, dias ou por mês, com internet de alta velocidade inclusa.

Sobre a economia, as empresárias destacam que o uso do coworking é cerca 70% mais barato comparado ao custo de um espaço particular. Isso acontece porque, no espaço compartilhado, o coworker não precisa se preocupar com taxas, impostos, condomínio e manutenção.