Nordeste

Especialista viajará dos EUA para tratar jovem que teve couro cabeludo arrancado

Com agências | 20/08/19 - 11h14
Reprodução / Instagram

Cirurgião plástico e especialista em microcirurgia reconstrutiva, o médico Marco Maricevich vai viajar dos Estados Unidos para Ribeirão Preto (SP) para acompanhar o caso da jovem Débora Dantas de Oliveira, de 19 anos, que teve o couro cabeludo arrancado em um acidente de kart em Recife (PE).

Mariverich é formado pela Universidade Federal de Pernambuco e atua como professor assistente no Baylor College of Medicine, em Houston, onde trata casos semelhantes ao de Débora. Desde o acidente, ele tem trocado informações com a equipe médica brasileira.

O médico vai compor a equipe do cirurgião plástico Daniel Álvaro Alvarez Lazo, no Hospital Especializado em que Débora está internada, no interior de São Paulo.

Maricevich disse que o caso da jovem é complexo e que ela precisará de muitas cirurgias, além de acompanhamento multiprofissional. O tratamento pode durar anos.

O caso

Débora Dantas foi internada inicialmente no Hospital da Restauração, em Recife, no dia 11, quando teve o couro cabeludo e parte da pele do rosto arrancados em um acidente com kart.

Transferida para o Hospital Especializado de Ribeirão Preto no último domingo (18), ela passará por mais uma cirurgia na próxima quinta-feira (22), para o início dos transplantes micro cirúrgicos e reconstrução das pálpebras.

A jovem foi submetida a um procedimento cirúrgico assim que chegou na unidade, na noite de domingo, no qual foi constatada a perda do reimplante realizado no Hospital da Restauração (HR), onde a vítima estava internada desde o dia do acidente. O comunicado diz ainda que a perda ocorreu após um quadro de trombose venosa. Ela está em recuperação na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital "consciente e orientada."

"