Alagoas

Exército realiza nova desinfecção no Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares

TNH1 com Assessoria Exército | 01/10/20 - 16h32 - Atualizado em 01/10/20 - 16h45
Assessoria/Exército

Nesta quinta-feira (1º), o 59º Batalhão de Infantaria Motorizado (59º BI Mtz), em conjunto com militares do Destacamento de Controle do Espaço Aéreo de Maceió, realizou, pela segunda vez, a desinfecção do Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, marcando os 180 dias de ações da Organização Militar no combate ao novo coronavírus (Covid-19), em Alagoas.

Para a desinfecção, a tropa utiliza um produto à base de cloro e água sanitária na lavagem e pulverização de hospitais, terminais rodoviários, Unidades Básicas de Saúde (UBS), praças, pontos de ônibus, comunidades indígenas, entre outros. Durante os trabalhos de higienização, são usados equipamentos de proteção individual (EPI) apropriados para o manuseio dos produtos químicos. 

Ainda no combate ao à COVID-19, o 59º BIMtz vem apoiando diariamente os municípios na desinfecção de prédios públicos e locais de grande circulação de pessoas, com ações realizadas em Maceió, Arapiraca, Marechal Deodoro, Rio Largo, São Miguel dos Campos, Porto Real do Colégio e Palmeira dos Índios.

Ações do Exército

As ações iniciaram com o apoio à Campanha Nacional de Vacinação contra o vírus da gripe Influenza - H1N1, em Maceió. Durante as três fases da campanha, militares do 59º BIMtz trabalharam em conjunto com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e com a Guarda Municipal de Maceió, na organização e no controle do fluxo de pessoas.  

No contexto da campanha de doação de sangue, realizada anualmente pelo Exército Brasileiro em todo o território nacional, intitulada "Ajudar está no nosso Sangue", diversos militares, de forma voluntária, realizaram a doação de sangue no Hemocentro de Alagoas (Hemoal). A iniciativa, que aconteceu nos meses de abril e agosto, teve como objetivo reforçar os estoques de bolsas de sangue e contribuir com a preservação da saúde, nesse momento de crise causada pela pandemia.

O 59º BI Mtz prestou apoio logístico à Fundação Nacional do Índio (FUNAI) no transporte de cerca de 61 toneladas de alimentos, a fim de serem distribuídos para a população indígena do Estado de Alagoas, bem como apoiou a Secretaria Municipal de Assistência Social no transporte e distribuição de 40 mil cestas básicas, que foram entregues à famílias carentes de Maceió.

Apoiou, ainda, o Instituto Cruz Vermelha de Alagoas, entregando cerca de sete toneladas de alimentos e materiais de higiene pessoal. Todo o material foi doado pelo Órgão Central da Cruz Vermelha, localizado no Rio de Janeiro, e transportado pelas viaturas do Estabelecimento de Transportes do Exército (ECT) para o 59º BI Mtz, que conduziu o material para o depósito da Cruz Vermelha de Alagoas.

Por ocasião da pandemia do novo coronavirus, foram doados cerca de 160 kits de alimentos para as crianças atendidas pelo Programa Forças no Esporte (PROFESP), de responsabilidade do batalhão.

O 59º BI Mtz é integrante do Comando Conjunto Nordeste, com sede no Recife-PE, e atua na Operação COVID-19, coordenada pelo Ministério da Defesa, desde o mês de abril.