Alagoas

Fábrica de embalagens deve investir US$ 50 milhões em AL, anuncia governador

Investimento anunciado por uma empresa de embalagens deve gerar 400 empregos em Alagoas; operação está prevista para começar em dezembro deste ano

Erik Maia | 22/07/19 - 12h15 - Atualizado em 22/07/19 - 13h53
Comitiva do governo na Missão China, em Pequim | Reprodução / Redes Sociais

O governador Renan Filho anunciou em suas redes sociais o investimento de 50 milhões de dólares americanos em Alagoas por uma empresa chinesa de produção de embalagens, que deve gerar mais de 400 empregos.

O anúncio foi feito durante o Alagoas Summit, um evento ocorrido em Pequim, promovido pelo Governo do Estado, como parte da Missão China, que tem a meta de prospectar investimentos e reforçar os laços econômicos de Alagoas com o país asiático.

Segundo Renan Filho, a empresa já deve começar a operar em dezembro em uma área que deve ser alugada. “Amanhã, eu vou visitar a empresa e já espero assinar o embarque das máquinas para Alagoas. Por isso que a gente precisa estar cada vez mais conectado com o mundo moderno, com as novas tendências de investimento, abrir as relações comerciais do Estado de Alagoas, apresentar nossas potencialidade para que, cada vez mais, nosso Estado receba novos recursos de investimento e amplie as oportunidades para nosso cidadão”, afirmou o governador.

Ele anunciou ainda que a ZTT do Brasil, que já atua em Marechal Deodoro desde 2015 na produção de fibra ótica, deve ampliar a sua operação, o que deve aumentar a capacidade de contratação de pessoal.

Veja as publicações do governador onde ele fala sobre os investimentos:

Outros investimentos

Renan Filho comentou ainda sobre quais projetos estão sendo prospectados para o Estado na Missão China. Segundo ele, há projetos nas áreas de petróleo e gás, geração de energia, infraestrutura, fruticultura irrigada através do Canal do Sertão e na área de mobilidade e transportes.