Polícia

Falso entregador de comida por aplicativo é preso suspeito de assalto

Dayane Laet | 23/07/19 - 06h41 - Atualizado em 23/07/19 - 07h16
TNH1/ Arquivo

Após receber denúncias de que suspeitos de assalto estariam agindo na região metropolitana de Maceió, militares do 8º Batalhão conseguiram localizar e prender um mototaxista nessa segunda-feira (22), na Mata do Rolo, em Rio Largo.

De acordo com informações da guarnição militar, Pedro Silva dos Santos Leite, de 21 anos, fingia realizar entregas de comida por aplicativo e intimidava as vítimas usando uma arma de fogo. 
Ao ser abordado, Pedro usava uma caixa térmica de determinada empresa, que não foi divulgada pela polícia, e não ofereceu resistência. Dentro da embalagem foi encontrado um revólver calibre 38 com quatro munições intactas. 

Pedro foi preso e levado até a Central de Flagrantes I, no Pinheiro, onde foi autuado por porte ilegal de arma de fogo. O TNH1 tentou contato com o 8º BPM para colher mais informações, mas as ligações não foram atendidas.

Este é o segundo suspeito de cometer crimes em Maceió fingindo ser entregador de refeições à domicílio, por meio de aplicativo. Ontem foi preso João Bruno Santos de Almeida, de 29 anos, que circulava pelo bairro do Canaã, na Capital, também usando uma mochila padronizada de entrega de comidas como disfarce para esconder o suposto crime de tráfico.

"