Polícia

Festa clandestina com 300 pessoas é interrompida pela polícia em Ouro Preto

João Victor Souza | 11/07/21 - 13h03 - Atualizado em 11/07/21 - 13h19
Cortesia

Uma festa clandestina com aglomeração de cerca de 300 pessoas e com som alto foi interrompida por policiais militares no fim da noite desse sábado, 10, em um imóvel no bairro de Ouro Preto, parte alta da capital alagoana. 

Segundo o Batalhão de Polícia de Eventos (BPE), os agentes foram deslocados após denúncia anônima sobre o evento que acontecia em uma casa que seria da associação dos moradores do bairro. A informação que também chegou para a polícia foi de que participantes da festa faziam uso de drogas e estavam armados no local, o que não foi confirmado.

Ao chegar na residência, os PMs encontraram aproximadamente 300 pessoas, em maioria sem máscara de proteção, e o volume do som abusivo, o que caracteriza perturbação de sossego alheio. Os militares também tomaram conhecimento que ingressos foram cobrados para a entrada na festa.

Após revistar os participantes e dispersá-los, a equipe do BPE orientou os organizadores a encerrar a festa imediatamente sob pena de encaminhamento à delegacia para realização do Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por descumprimento do decreto do governo de combate à Covid-19. Os responsáveis acabaram com a comemoração e ninguém foi preso.