Economia

FGTS: se eu sacar os R$ 500, perco o direito ao seguro-desemprego?

TNH1 com informações da Caixa | 20/09/19 - 14h28 - Atualizado em 23/09/19 - 06h30

A Caixa Econômica Federal iniciou no último dia 13, o pagamento do chamado saque imediato de até 500 reais do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, o FGTS . 

De acordo com a CEF em Alagoas, aqui no Estado  mais de 970 mil trabalhadores vão poder receber o benefício, que chega a um total de pouco mais de 312 milhões de reais. 

Uma das principais dúvidas do trabalhador é se ao sacar os R$ 500 perde-se o direito ao seguro-desemprego?

As respostas estão no tira suas dúvidas da Caixa Econômica: 

O que é o saque imediato do FGTS?

É o saque a que tem direito todo trabalhador titular de conta do FGTS, limitado até R$500,00 por conta do Fundo de Garantia, que poderá ser feito em contas ativas e inativas, a partir de setembro de 2019 até março de 2020, de acordo com o cronograma de atendimento da CAIXA.

​Qual o prazo para sacar o valor referente ao saque imediato?

Os trabalhadores poderão sacar a partir do dia indicado no calendário para início do pagamento, conforme a data de seu aniversário, até 31 de março de 2020. 

Se eu sacar os R$ 500, perco o direito ao seguro-desemprego?

Não. O saque imediato não impede o trabalhador de receber o seguro-desemprego.

​O trabalhador terá direito ao saque imediato de até R$500 todo ano?

Não. O saque imediato acontecerá uma única vez, até 31 de março de 2020, não gerando direito a esta modalidade de saque nos anos posteriores.

​O saldo referente a qual data será considerado para definiçã do valor a ser sacado no saque imediato?

Será aquele constante no extrato na data do débito da conta, não sendo permitida nova operação de débito para saque imediato.

​Como funciona o saque imediato de até R$500 para o trabalhador que possui mais de uma conta do FGTS?

O valor sacado será de até R$ 500 por conta vinculada de titularidade do trabalhador, limitado ao valor do saldo, conforme exemplos abaixo:

O trabalhador com conta poupança na Caixa receberá os valores automaticamente?

Os valores do saque imediato serão creditados automaticamente na conta de poupança de titularidade do trabalhador, aberta na Caixa até 24/07/2019.

​Como deve proceder o trabalhador caso consulte seu extrato do FGTS e verifique que existe umdébito recente, mas ainda não recebeu os valores?

A Caixa realiza antecipadamente o processamento, para permitir o saque pelo trabalhador nos canais de pagamento espalhados por todos os municípios do país na data prevista no calendário. Isso significa que os valores estarão disponíveis em breve para saque pelo trabalhador, conforme calendário de pagamento divulgado.

​O saque de até R$500 impede o trabalhador de sacar o FGTS por motivo de rescisão do contrato de trabalho?

Não. O saque imediato no valor de até R$500,00 não impede o direito do trabalhador ao saque do FGTS por motivo de rescisão contratual, bem como não impede o saque para as demais modalidades, como, por exemplo, aposentadoria, aquisição de moradia própria e doença.