Maceió

Funcionários da empresa Veleiro em Maceió paralisam atividades

Redação TNH1 com TV Pajuçara | 11/03/20 - 07h36 - Atualizado em 11/03/20 - 14h15
Netto Mota / TV Pajuçara

Usuários de ônibus da empresa Veleiro estão tendo, mais uma vez, um dia de transtorno para conseguir o deslocamento regular. Na manhã desta quarta-feira (11), motorista e cobradores se concentram em frente à garagem da empresa, no bairro Trapiche da Barra, em Maceió, para cobrar o recebimento dos salários referentes ao mês de fevereiro.

Com a paralisação, cerca de 40 ônibus, que atendem 15 linhas na capital, não deixaram a garagem nas primeiras horas de hoje. Equipes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) foram acionadas para desobstruir a entrada da empresa. 

De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Rodoviários de Alagoas (Sinttro-AL), Sandro Regis, os trabalhadores estão, desde às 4 horas da manhã, realizando ato em frente ao portão da empresa, que teria anunciado o pagamento dos funcionários para o segunda quinzena de março.

"Metade dos ônibus foi liberada por pressão da empresa, mas nosso protesto continua e nossa reivindicação é para o recebimento dos salários em dia. A empresa anunciou que os salários, que deveriam ter sido pagos no último dia 5, seriam pagos até o dia 16. A situação é precária e as autoridades também preciiosam se posicionar", disse.

Em nota, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) informou que segue trabalhando para garantir que os passageiros dos bairros que são atendidos pela Veleiro não fiquem desassistidos durante a paralisação dos funcionários da empresa. O órgão ressalta que outras linhas de ônibus que atendem essas regiões serão reforçadas de acordo com as necessidades das demandas para garantir o direito de ir e vir dos usuários do Sistema Integrado de Mobilidade de Maceió (SIMM).

Na segunda-feira (09), os trabalhadores da empresa Veleiro, em Rio Largo, na Região Metropolitana de Maceió, também fizeram uma paralisação para cobrar o recebimentos de salários.

Esta é a terceira paralisação de funcionários da empresa Veleiro no ano de 2020.

Veleiro se posiciona

A empresa afirmou à imprensa, no início da tarde desta quarta, que os ônibus saíram normalmente da garagem e que as atividades foram retomadas após as 7h. A Veleiro também destacou que havia sido feito um acordo, em fevereiro deste ano, e ficou decidido que os pagamentos da empresa seriam realizados até o dia 15 de cada mês, o que estaria dentro do prazo.