Maceió

Golpe do falso cadastro: vítimas pagam até R$ 10 mil por chaves de apartamento popular

Secom Maceió | 21/06/24 - 13h18
O condomínio Parque da Lagoa | Secom Maceió

A Prefeitura de Maceió alerta à população para não cair em golpes de venda ilegal de cadastro habitacional. De acordo com o secretário de Desenvolvimento Habitacional, Lucas Callado, diariamente, o órgão tem recebido denúncias de pessoas que alegam ter pago valores entre R$ 5 mil e R$ 10 mil para ganhar a chave de um imóvel, mas acabam descobrindo que foram vítimas de estelionato.

Callado explica que a venda de cadastro é ilegal e que o procedimento não pode ser realizado por intermediários. Para se inscrever, a Prefeitura exige que a pessoa vá pessoalmente à sede da Secretaria, que fica no bairro de Jaraguá, e todo o processo é gratuito. Apenas o agendamento é feito por e-mail

Em geral, os golpistas se identificam como parceiros da Prefeitura e pedem dinheiro para facilitar o acesso da vítima a um dos imóveis dos conjuntos habitacionais que estão sendo construídos pelo Município.

Alguns falsos intermediários chegam a apresentar um formulário, idêntico ao que é utilizado na secretaria. Por isso, o secretário reforça que a população só deve acreditar nas informações passadas pela Prefeitura.

“A população deve ficar ciente que o cadastro habitacional realizado pelo Município de Maceió é totalmente gratuito, não existe nenhuma taxa nem para agendar, nem para a inscrição, nem quando ganha o imóvel. Recebemos diariamente gente dizendo que pagou um valor e nós informamos que ela caiu em um golpe e mandamos procurar uma delegacia para registrar um Boletim de Ocorrência”, explica Callado.

O secretário também levou a situação para a Polícia Civil e registrou Boletim de Ocorrência para que a prática de golpes seja investigada e punida. Para mais informações, o telefone da Secretaria é o (82) 98704-2267.