Brasil

Governo do RN decreta emergência em 4 cidades após rompimento de barragens

Com agências | 23/04/19 - 11h59 - Atualizado em 23/04/19 - 11h59
Defesa Civil de Santana do Matos

Após o rompimento de barragens particulares no interior do Rio Grande do Norte, foi publicado no Diário Oficial do Estado nesta terça-feira (23) um decreto que oficializa a situação de emergência das cidades de Fernando Pedroza, Angicos, Santana do Matos e Ipanguaçu. 

Durante o período em que o decreto de emergência for válido, o Estado está autorizado a contratar obras e serviços para minimizar os efeitos das enxurradas, sem precisar de licitação.

Os municípios foram atingidos por enxurradas decorrentes da ruptura de três barragens, localizadas na cidade de Fernando Pedroza, no último fim de semana. A cidade de Santana do Matos ficou ilhada após a cabeceira de uma ponte na RN-041 ser destruída pela força da água do Rio São Miguel.

Durante a enxurrada, dois veículos foram arrastados pela correnteza e duas pessoas foram resgatadas com ferimentos leves. Canos de uma adutora também sofreram com a água e quatro comunidades rurais ficaram desabastecidas.

Outros reservatórios da região também estão sob alto risco de rompimento. Segundo a Defesa Civil, a barragem de São Miguel 2 se trata de um açude de grande volume de água com relação aos que já romperam. 

“Ainda não é possível informar quantas pessoas seriam afetadas com a possível ruptura da parede desses açudes”, destacou o governo.

Confira a íntegra do decreto.