Polícia

Homem é preso suspeito de manter esposa, filho autista e bebê de 1 ano em cárcere privado

Bruno Soriano | 23/10/21 - 08h29 - Atualizado em 23/10/21 - 09h00
Vítimas e suspeito foram encaminhados para a Central de Flagrantes | Arquivo TNH1

Um homem foi preso, na madrugada deste sábado (23), suspeito de manter a esposa e os dois filhos em cárcere privado no Conjunto José Tenório, bairro da Serraria, parte alta de Maceió. Com o homem de 36 anos de idade, a polícia ainda apreendeu uma arma de fogo, municiada, que pertencia ao suspeito.

De acordo com guarnição da Ronda Ostensiva Tática Motorizada (Rotam), a polícia foi acionada, por volta de 1h, para averiguar a denúncia encaminhada, via 181, ao Centro de Operações Policiais Militares (Copom). 

Ao chegar ao local informado, os policiais flagraram a esposa do suspeito, de 34 anos, e os dois filhos do casal, sendo um adolescente de 16 anos – portador do transtorno de espectro autista – e um bebê de apenas 1 ano, trancados dentro do apartamento onde moram.

Durante a abordagem ao suspeito, que se encontrava nas proximidades do prédio da Justiça Federal, também na Serraria, os militares apreenderam uma garrucha calibre 22, com duas munições intactas. Vítimas e suspeito foram encaminhados para a Central de Flagrantes, no bairro do Pinheiro. Ele deve responder pelos crimes de cárcere privado e posse ilegal de arma de fogo. 

Este é o terceiro caso de cárcere privado registrado em pouco mais de 24 horas na capital. Um deles foi registrado nessa sexta-feira, quando uma mulher foi encontrada sedada em um motel após ser sequestrada, estuprada e agredida enquanto era mantida em poder do sequestrador, o ex-marido da vítima, que não aceitava o fim do relacionamento e também foi preso.

O outro caso envolveu uma adolescente de 13 anos, que, inclusive, foi estuprada por um homem de 34 anos no Tabuleiro do Martins.