Alagoas

IMA aponta seis praias impróprias para banho em Maceió; veja quais

TNH1 com assessoria | 14/02/20 - 15h09 - Atualizado em 14/02/20 - 15h46

O relatório de balneabilidade, produzido pela equipe do Laboratório de Estudos Ambientais do Instituto do Meio Ambiente (IMA), divulgado nesta sexta-feira, 14, mostra que, em Maceió, seis trechos de praias estão impróprios para banho. Três deles são em Cruz das Almas, um em Jacarecica, um em Jatiúca, e o último, na Praia da Avenida (veja no final da matéria).

Ao londo de toda a costa de Alagoas, os banhistas podem escolher entre 57 trechos de praias próprias para banho.

No total são coletadas amostras em 65 trechos que em seguida são analisadas para compor o documento semanal. O relatório dessa sexta-feira mostra que apenas oito pontos foram considerados impróprios para banho.

No Litoral Sul, entre o Peba, em Piaçabuçu, e a Praia do Saco, apenas um local não está indicado para banho. No Litoral Norte, desde o município de Paripueira até Maragogi, há apenas mais um local não indicado aos banhistas.

Entretanto, mesmo que o local esteja próprio, os técnicos alertam para que os usuários evitem banhos de mar nos dias de fortes chuvas, principalmente em áreas próximas às galerias de águas pluviais e fozes de rios. Deve-se evitar, principalmente, o banho em praias “que estejam diretamente sob influência de rios, canais e córregos, supostamente contaminados por esgotos”.

O relatório de balneabilidade é um documento semanal produzido com base no que recomenda a resolução 274/2000 do Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama). As praias são consideradas próprias para banho quando em 80% do conjunto de amostras, colhidas no mesmo no local, não exceder o limite de 800 NMP (Número Mais Provável) da bactéria E.coli em cada 100mL de água coletada.

O documento está disponível para consulta e download no site do IMA: http://www.ima.al.gov.br/wp-content/uploads/2020/02/REAB.07-2020.pdf