Trânsito

Índia usa faixa de pedestre 3D para evitar acidentes

27/04/16 - 18h29 - Atualizado em 27/04/16 - 18h30
Divulgação

O governo indiano inovou na maneira de educar no trânsito. Para tentar diminuir o número de acidentes, o ministro dos transportes, Nitin Gadkari, propôs criar pinturas de faixas em 3Dnas principais estradas e rodovias do país.

A pintura funcionaria como uma ilusão de óptica que substitui as lombadas ou quebra-molas, fazendo com que o motorista reduza automaticamente.

De acordo com a OMS, pelo menos 200 mil pessoas morreram na Índia ano passado em decorrência de acidentes nas estradas. É um número altíssimo, e o maior índice do mundo. E são precisas medidas sérias – e criativas – para acabar com isso.

“Resolvemos apelar para a técnica da pintura 3D para fazer com que os motoristas diminuam a velocidade dos veículos, evitando assim a instalação de outros equipamentos desnecessários.”, disse Nitin Gadkari, Ministro dos Transportes do país.

Não é a primeira vez que a ilusão de óptica é utilizada para estes fins. Em 2008, a cidade norte-americana de Filadélfia utilizou as faixas 3D como parte de uma campanha para alertar os motoristas mais apressadinhos. No entanto, o projeto foi duramente criticado pela população, que acreditou não se tratar de uma solução a longo prazo, visto que uma vez que o motorista já passou pelo local e percebeu se tratar de uma pintura 3D, não reduziria a velocidade novamente.

Índia usa faixa de pedestre 3D para evitar acidentes
Índia usa faixa de pedestre 3D para evitar acidentes
Índia usa faixa de pedestre 3D para evitar acidentes
Índia usa faixa de pedestre 3D para evitar acidentes