Polícia

'Indícios de que fugiu', diz delegado sobre jovem desaparecida em São Sebastião

Redação TNH1 | 26/11/21 - 16h32 - Atualizado em 26/11/21 - 16h49
Arquivo pessoal

Restando apenas uma pessoa a ser ouvida, o delegado Renivaldo Batista afirmou ao TNH1, nesta sexta-feira, 26, que vai concluir na próxima semana o inquérito sobre a jovem Elen Karoline dos Santos, de 18 anos, que segue desaparecida desde o dia 4 de novembro, quando saiu de casa para ir à escola, no município de São Sebastião, Agreste de Alagoas, e não mais voltou, nem deu notícias. Segundo o delegado, os indícios apontam que a jovem fugiu. 

"Encerro as investigações na próxima terça feira, com todas as pessoas ouvidas, parentes, professores onde ela estudava. Falta somente uma irmã a qual trata ela como filha, mas ontem estava bastante nervosa, ficou agendada para a próxima semana", explicou o delegado, acrescentando que a jovem enviou um email para a direção da escola. "Inclusive, com email dela encaminhado à direção da escola, leva aos indícios que realmente fugiu. Incompatibilidade, família e namorado".

Mais detalhes sobre a investigação serão repassados pelo delegado na conclusão do inquérito da Polícia Civil na próxima terça-feira, 30. Ao TNH1, a família da estudante afirmou, poucos dias depois da abertura do inquérito, que não iria mais se posicionar sobre o assunto. 

Entenda o caso - Dois dias antes de desaparecer na quinta-feira, 4, Elen Karoline dos Santos havia discutido com o companheiro, o vigilante Hélido dos Santos, para quem deixou um bilhete: “Vá ser feliz só! Fui, tchau. Vê se muda! Deus te abençoe”, diz um trecho.

No dia 8, Eliene dos Santos, irmã de Elen, afirmou que a jovem não fez qualquer contato com a família. Ela morava na casa dos pais do companheiro há cerca de um ano. Nos últimos dias, o casal estava se desentendendo porque Elen Karoline exigia que Hélido alugasse uma casa para que os dois fossem morar sozinhos, mas o companheiro queria construir em um terreno que possuía e achava o aluguel caro.

Na noite em que saiu de casa, ela disse que iria à escola e carregava uma sacola de roupas. Somente quando voltou para casa e não encontrou a companheira, Hélido se deu conta de que ela havia ido embora e deixado um bilhete para ele.