Futebol

Jhon Cley é apresentado no CSA e avisa que joga onde Marcelo Cabo precisar

07/08/18 - 19h13 - Atualizado em 07/08/18 - 19h17
Eduardo Vieira / RCortez / Ascom CSA

O CSA apresentou oficialmente nesta terça-feira (7), no CT do Mutange, o meio-campista Jhon Cley. Contratado para brigar pela vaga deixada por Ferrugem, negociado para o futebol do Japão, Jhon Cley vestiu a camisa do CSA e afirmou estar pronto para estrear quando o técnico Marcelo Cabo precisar. 

"Estou muito feliz. O clube me recebeu muito bem. Tanto a diretoria, como a comissão técnica, o presidente, os meus novos companheiros também me receberam muito bem desde que cheguei. Vim para compor o elenco, vim para somar e crescer junto com eles", discursou. 


(Foto: Eduardo Vieira / RCortez / Ascom CSA)

"Sei que o Ferrugem veio para o CSA e acrescentou muito bem, estava muito bem encaixado. Mas eu também vim com esse papel, porque sei o tamanho do clube, a importância que está sendo no campeonato. Acho que nessas posições [volante e meia] que você [jornalista] disse, onde o professor Cabo estiver precisando, vou entrar e dar o meu máximo para poder ajudar a equipe", completou.

Jhon Cley foi indicado por Marcelo Cabo e não deve ter problemas para começar a jogar. O meia já está regularizado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e pode ser relacionado para a partida com o Goiás nesta sexta-feira (10). 

"Estou à disposição do técnico. O Marcelo vem trabalhando firme há bastante tempo com o elenco. Cheguei já tem cinco dias, com a diretoria trabalhando firme, conseguiu me inscrever no campeonato. Agora estou à disposição da comissão técnica", avaliou o jogador que marcou um gol no jogo-treino no último sábado (4).

Vice-líder da Série B, o CSA tem 34 pontos e encara o Goiás nesta sexta, às 19h15, no Estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia. O jogo é válido pela 20ª rodada e marca o início do returno da Segundona. 

Veja outros trechos da entrevista. 

Acerto com o CSA

"Primeiramente o trabalho. O clube oferece uma estrutura de trabalho muito boa. O projeto que está sendo feito com o clube, os atletas que estão no clube são muito competitivos. Acho que isso veio a acrescentar para que eu viesse para cá e, junto com eles, poder somar e crescer na disputa da Série B, com o objetivo maior que é a Série A". 

Indicado por Marcelo Cabo

"Fico muito feliz pela oportunidade de estar trabalhando com ele. Nos enfrentamos muitas vezes. Enfrentei o filho dele muitas vezes na base, é o auxiliar dele [Gabriel Cabo]. Fico muito feliz de o trabalho ser reconhecido e eu possa somar junto aos companheiros de equipe e dar o meu melhor possível nessa reta final de Série B".

Faro de gol?

"Olha, se sobrar, a gente tem que fazer (risos). Procuro sempre estar finalizando de fora da área, porque tenho bom chute. Se Deus quiser, nesse campeonato vão sair muitos gols". 

Condição física

"As pessoas falam sobre meu preparo físico, sobre minha aparência física. Visualmente estou bem, preparo físico bem também. Estou treinando firme e vou continuar treinando firme. Na hora que aparecer a oportunidade, vou aproveitar da melhor forma possível para que possa somar. Somar porque a equipe está bem, está encaixada e eu vim para cá para somar e crescer junto com eles".