Brasil

Jovem que 'casou sozinha' após ser deixada pelo noivo morre ao cair do 9º andar

Correio 24h | 15/07/19 - 21h28
Reprodução

A influenciadora digital e youtuber Alinne Araújo, 24 anos, morreu nesta segunda-feira (15) ao cair do nono andar do prédio em que morava, no Rio de Janeiro. Vídeos e fotos de Alinne casando "com ela mesma" viralizaram no final de semana. A informação é do jornal Extra.

Amiga e madrinha de casamento de Alinne, Odara Marina, confirmou a morte pelo Instagram. Policiais do 31º Batalhão da Polícia Militar, do Recreio dos Bandeirantes, foram acionados para o local. A suspeita é de que a jovem tirou a própria vida. Ela recebeu ataques online depois de postar as fotos e vídeos do casamento inusitado, sem o noivo, depois de ser abandonada.

No domingo, Alinne anunciou que como o noivo, Orlando Costa Jr, desistiu do casamento um dia antes da cerimônia, terminando a relação por mensagem de texto, ela iria se casar consigo mesma. A história fez sucesso, chamou muita atenção e viralizou. Mas além de elogios, Alinne recebeu muitos comentários negativos e foi acusada de apenas querer chamar atenção.

Hoje, por volta das 13h, Alinne postou seus últimos stories no Instagram, rebatendo críticas que recebeu. Foram suas últimas postagens.

"Agora vocês tão querendo mandar o jeito que eu vou sentir minhas coisas agora também... Ah, pronto. Podem criar a fanfic que vocês quiserem na suas cabeças. Eu não tô nem aí para vocês haters... Porque eu vou continuar sendo eu, só posso ser o que posso ser... Quer me chamar de biscoiteira, marketeira... Legalzão fazer marketing sobre uma noiva que foi abandonada no altar... Última vez que me pronuncio aqui sobre essa palhaçada de eu estar querendo me promover com um dos piores momentos da minha vida... Ridículos", disse.

Deixada um dia antes de casar

Alinne usou as redes sociais para postar detalhes do seu casamento, que foi acompanhado por vinte pessoas, apenas 1/4 dos convidados da festa, em um salão de festar no bairro do Campo Grande. Ela entrou para casar ao som da marcha nupcial e depois de uma música de Luísa Sonza. Para a Veja São Paulo, ela explicou que como já estava tudo pago resolveu levar a celebração adiante. "Fiz dos limões a minha limonada. Preferi sofrer onde já estava tudo pago e tinha um sonho a realizar do que em casa".

"