Brasil

Julgado por apostas, jogador banido do futebol se vende como garoto-propaganda no Instagram

Extra Online | 13/06/23 - 10h30
Reprodução/Instagram

Banido do futebol pelo STJD e réu no caso de manipulação em apostas, o ex-volante do Juventude Gabriel Tota convidou seguidores e marcas a pagarem para anunciar no seu perfil. O vídeo foi postado pelo jogador no Instagram no final da tarde desta segunda-feira.

— Quem tiver o interesse de divulgar sua marca, seu perfil, reels, qualquer conteúdo que traga benefícios para vocês também, me chama no direct e deixa uma mensagem. O preço está super acessível e vou deixar também uma foto com o meu engajamento [11,7 mil visualizações nos stories]. Tem dia que bate até mais visualizações. Chama aí e tira qualquer dúvida — diz Tota.

Rescisão de contrato

No dia 17 de maio, o Juventude anunciou a rescisão de contrato com o meia de 21 anos. Tota é um dos denunciados na denúncia do Ministério Público de Goiás (MP-GO) na Operação Penalidade Máxima II, que investiga de manipulação de apostas no esporte. O jogador estava emprestado ao Ypiranga.

A investigação aponta que Tota foi o jogador que mais recebeu dinheiro da quadrilha. Ao todo, R$ 115 mil foram transferidos para sua conta entre setembro e novembro do ano passado.

Ele, no entanto, não ficou com todo esse montante: segundo a investigação, o jogador atuava como intermediário da quadrilha dentro do vestiário do Juventude e repassava boa parte para colegas que conseguia trazer para o esquema.

A 4ª Comissão Disciplinar do STJD baniu Gabriel Tota do esporte e aplicou uma multa de R$ 55 mil. O jogador é réu na Justiça de Goiás e pode recorrer a decisão ao pleno.

Tota é investigado pelo envolvimento nas manipulações de resultados de jogos no Campeonato Brasileiro de 2022, enquanto atuava pelo Verdão, no ano do rebaixamento para a Série B.