Alagoas

Justiça determina transferência de advogado acusado de matar sócio para o sistema prisional

30/07/18 - 21h09 - Atualizado em 31/07/18 - 15h07
Arquivo/TNH1

O juiz Sóstenes Costa determinou nesta segunda-feira (30) a transferência do advogado Sinval José Alves para o sistema prisional. Ele é acusado de envolvimento no assassinato de seu sócio, José Fernando Cabral de Lima, em abril deste ano.

Por ser advogado, Sinval estava detido em uma Sala de Estado-maior, mas foi suspenso preventivamente pelo Tribunal de Ética e Disciplina da OAB-AL por 90 dias. Na decisão, o juiz ressaltou que o acusado deverá ser detido em prisão especial.

À equipe de reportagem da TV Pajuçara, a Secretaria de Estado de Ressocialização e Inclusão Social (Seris) informou que ainda não foi informada oficialmente da decisão.

O crime

José Fernando chegou ao escritório momentos depois de Sinval Alves e de mais uma pessoa entrarem no local. Após alguns minutos, dois bandidos entraram e renderam todos. Eles teriam ficado ajoelhados e José Fernando foi atingido no ouvido. O crime inicialmente foi considerado um assalto, mas a dupla não levou todos os pertences, deixando inclusive o celular da vítima.

Fernando e o acusado eram sócios em um escritório de advocacia. Sinval era dono da casa de câmbio onde ocorreu o crime.