Alagoas

Lacen deve divulgar nesta quarta, 25, exame de idoso morto supostamente por coronavírus

Gilson Monteiro | 24/03/20 - 20h23 - Atualizado em 24/03/20 - 21h12
Foto :Agência Brasil

O governador Renan Filho (PMDB) informou durante o boletim de atualização dos casos de coronaviírus em Alagoas que nesta quarta-feira, 25, deverá sair o resultado do exame que atestará se um paciente que morreu aos 62 anos em um hospital particular da capital foi vítima do novo coronavírus. 

O governador confirmou que no atestado de óbito do idoso consta realmente "coronavírus" como causa da morte, mas que as amostras de sangue ainda estão sendo testadas e, portanto, ainda não há caso de morte confirmada em Alagoas. 

"Um paciente chegou com doenças pré-existentes e com sintomas que podem ser de influenza, H1N1 ou novo coronavírus. Ele foi entubado na UTI, mas veio a falecer. No boletim de óbto foi relatado como novo coronavírus, mas isso ainda não é fato, porque ainda não foi testado. Recolhemos amostras e o Lacen vai fazer o teste. Esperamos poder divulgar o resutlado desse teste amanhã", afirmou Renan Filho.

Boletim coronavírus

Na coletiva pelas redes sociais, o governador atualizou os casos da covid-19 no estado

Até esta terça-feira, 24, Alagoas conta com 10 casos confirmados; 175 em investigação e 104 descartados. 

Ainda de acordo com o goverrnador Renan Filho, nesta quarta-feira, 25, o Diário Oficial do Estado (DOE) traz a publicação de uma requisição de bens e imóveis da Casa de Saúde e Maternidade Nossa Senhora de Fátima, onde será instalado um centro para tratamento de pacientes com coronavírus.