Polícia

Líder de facção criminosa morre em confronto com a polícia em Maceió

02/02/17 - 16h58 - Atualizado em 02/02/17 - 18h51

Após operação deflagrada na manhã desta quinta-feira, 02, um dos líderes de uma facção criminosa que atua em Alagoas morreu em confronto com a polícia, na Chã de Bebedouro. Ele foi identificado como Wellington Pedro França da Silva, vulgo “Hamburguer”.

A ação integrada teve base em levantamentos feitos pelo Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc) e execução da Secretaria de Segurança Pública do Estado de Alagoas.

A Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic), da Polícia Civil, e o Batalhão de Radiopatrulha, da Polícia Militar, fizeram incursão para prender o criminoso, também conhecido por “Hamburguer”, “Quina” e “Sena” e cumprir mandado de prisão contra ele expedido pela 17ª Vara Criminal da Capital.

Segundo a polícia, Wellinghton estava em um beco quando avistou as guarnições e a atirou contra os policiais, que revidaram. Ele foi encaminhado para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu aos ferimentos.

Com o criminoso foram encontrados um revólver calibre 32, uma espingarda artesanal calibre 12, maconha e duas balanças de precisão.

Wellighton era acusado de integrar um grupo criminoso e atuar em toda a capital. Segundo a polícia, ele já tinha passagem pelo sistema carcerário, inclusive, havia sido preso na última semana.