Economia

Maioria dos hotéis fechados em Alagoas se prepara para reabrir em setembro

Redação TNH1 | 03/06/20 - 16h41 - Atualizado em 03/06/20 - 16h41
Divulgação

Importante motriz para a economia de Alagoas, o segmento do turismo se prepara para a retomada pós-pandemia da covid-19 e, embora alguns hotéis já planejem abrir as portas no mês de junho, a maioria deve retomar as atividades somente em setembro.

A boa notícia é que Maceió ainda é o destino mais procurado pelos turistas pós pandemia, segundo a CVC, considerada a maior operadora de turismo da America Latina.

De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis em Alagoas (ABIH-AL), os hotéis estão se antecipando no que diz respeito aos protocolos e selos de segurança, com o objetivo de melhorar a competitividade no mercado.

A reabertura, segundo a ABIH, depende de cada um dos empreendimentos e o mês de setembro, no entanto, ainda é uma previsão, considerando que o cenário é ‘muito imprevisível’.

Na articulação para retomar os trabalhos já em julho, um hotel de grande porte em Maceió lançou um selo de segurança, com uma série de medidas que serão adotadas no estabelecimento mas que ainda não foram divulgadas.

Já em Maragogi, um resort também de grande porte, anunciou através das redes sociais que só vai retomar às atividades em setembro, adotando redução de 50% na quantidade de hóspedes, isolamento dos apartamentos por, no mínimo, 24 horas entre hospedagens e aumento da distância entre mesas, cadeiras e pessoas.  

Ainda segundo a ABIH, como parte das ações para a retomada das atividades, estão sendo ofertadas capacitações de agentes e sendo reforçado o posicionamento do destino Alagoas nos principais mercados emissores de turistas.

“A CVC, que é a maior operadora da América Larina, fez uma reunião com a hotelaria, prefeitura e estado para fazer esse planejamento e dar feedbacks sobre as vendas. Segundo ele, Maceió é o destino mais procurado pós-pandemia”, informou a ABIH.

Considerando as recomendações sanitárias e de segurança, a ABIH-AL prepara um protocolo específico da hotelaria, que deve ser lançado junto ao Governo do Estado, com uma série de medidas para a retomada. As medidas estão sendo validadas por um comitê formado por representantes do trade turístico e servirão como norteadoras na retomada no setor.

"A hotelaria de Alagoas está empenhada em revisar todos os procedimentos adotados e reestruturar o segmento para atender ao novo perfil de turista que virá pós-pandemia. Em breve, devemos lançar, junto com o Governo do Estado, um protocolo específico para os meios de hospedagem, com uma série de medidas de segurança sanitária que vão orientar a retomada da atividade. Também estamos aguardando o protocolo do Ministério do Turismo, do Sebrae Nacional e da Prefeitura de Maceió, para que possamos unir todas as frentes com o objetivo de intensificar os cuidados para receber os turistas com segurança e responsabilidade”, disse André Santos, presidente da ABIH-AL.