Nordeste

Mais de 60 equipamentos de som são apreendidos no Carnaval de Salvador

BNews | 28/02/22 - 21h54
Divulgação/BNews

Muito foi especulado sobre a possibilidade de ocorrer, ou não, o Carnaval de rua nas principais capitais do Brasil, mesmo com a taxa de contaminação da Covid-19 ainda alta. No entanto, com a falta de festejo para o público geral, muitos eventos estão ocorrendo de forma privada e com valores de ingressos abusivos.

Apesar do acordo feito entre os prefeitos de São Paulo, Salvador e Rio de janeiro, milhares de pessoas apaixonadas pelo Carnaval do Rio de Janeiro não pensaram duas vezes e tiveram a ideia de se aglomerarem no centro da cidade com vários bloquinhos, fantasias, cerveja, sem máscara de proteção e, claro, distanciamento social. 

De acordo com a Sedur, a interdição ocorreu em um bar e restaurante localizado no bairro do Curuzu. Outros três estabelecimentos do mesmo ramo foram notificados em três bairros distintos: Curuzu, Pau Miúdo e Caixa D'Água.

Além disso, três espaços para eventos no bairro do Comércio, um supermercado em Stella Maris e um posto de combustíveis que fica na Federação também foram notificados por descumprimento dos decretos. A Sedur, no entanto, não detalhou quais medidas foram descumpridas pelos estabelecimentos.