Mundo

Manifestantes pró-Trump invadem Capitólio e Congresso é fechado

CNN Brasil | 06/01/21 - 17h05 - Atualizado em 06/01/21 - 17h09
CNN Brasil

O Capitólio dos Estados Unidos foi invadido na tarde desta quarta-feira (6) por manifestantes que apoiam o presidente Donald Trump.

O Congresso americano, que estava em sessão para certificar a vitória de Joe Biden na eleição presidencial, entrou em recesso inesperadamente. A sessão não deve ser retomada.

O vice-presidente Mike Pence, que estava no local, foi retirado. O plenário da Casa está sendo desocupado e os parlamentares receberam máscaras de gás para deixarem o prédio.

Supostamente, manifestantes foram ouvidos batendo nas portas no andar da Câmara.

A capital americana decretou um toque de recolher a partir das 18h. Policiais federais e locais estão respondendo a chamados de possíveis bombas no Distrito de Columbia.

Os manifestantes se recusam a aceitar o resultado da eleição e conseguiram furar a segurança do prédio e escalar uma estrutura montada para a posse de Joe Biden.

Eles lutaram com policiais em traje de choque completo, alguns chamando os oficiais de "traidores" por fazerem seu trabalho. Os manifestantes podiam ser vistos empurrando as cercas de metal e os policiais usando as cercas para empurrar os manifestantes para trás.

O escritório da vice-presidente eleita não comentará sobre o paradeiro de Kamala Harris, mas acrescentou que ela está "segura", segundo um assessor de Harris.

Centenas de agentes da polícia foram mobilizados desde a noite desta terça (5), com a previsão de que apoiadores de Donald Trump convergissem para a capital americana para protestar contra a certificação das eleições.