Polícia

Morte do menino Rhaniel Pedro completa um mês; polícia aguarda laudos da perícia

TNH1 | 14/06/21 - 10h41 - Atualizado em 14/06/21 - 10h51
Rhaniel Pedro havia desaparecido após sair de casa para uma aula de reforço escolar | Foto: Arquivo pessoal

Passado um mês da morte de Rhaniel Pedro Laurentino da Silva, de 10 anos, a Polícia Civil aguarda laudos do colchão do homem preso suspeito de matar o menino e abusar outras três crianças.

Ao TNH1, o delegado Ronilson Medeiros, que é responsável pelas investigações, informou nesta segunda-feira (14) que todos os dias pessoas têm sido ouvidas na delegacia. 

Nesse domingo (13), familiares e amigos do menino Rhaniel Pedro participaram de uma missa na Paróquia São João Maria Vianey, no Clima Bom, bairro onde o menino morava e foi encontrado morto.

Rhaniel Pedro havia desaparecido após sair de casa para uma aula de reforço escolar. O corpo da criança foi encontrado coberto por um pano e foi deixado entre uma calçada e um muro, próximo a entulhos, na Rua Recanto do Sol.

Segundo a polícia,  o suspeito é proprietário de uma oficina situada próximo ao ponto onde o corpo de Rhaniel Pedro foi deixado. Ele foi denunciado pela população da região por pedofilia.

Na área da oficina, foram encontrados pacotes de preservativos. Já na casa do suspeito, a polícia encontrou uma caixa com brinquedos infantis.