Polícia

Motorista esfaqueado por adolescente que matou esposa em Messias recebe alta: 'Nasci de novo'

Eberth Lins com TV Pajuçara | 28/08/20 - 09h25 - Atualizado em 28/08/20 - 09h33
Foto: Reprodução / TV Pajuçara

"Nasci de novo". Essa é a definição do motorista de transporte por aplicativo de Maceió Anderson Freire, que foi esfaqueado, teve o carro roubado e foi abandonado em uma estrada na rodovia PB-073, que liga as cidades de Sapé e Guarabira, no estado da Paraíba. 

Anderson Freire estava internado no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, para onde foi levado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) após ter sido encontrado por um motorista agonizando na estrada.

O motorista teve alta médica na noite dessa quinta-feira (27) e relatou como foi a abordagem do adolescente, que disse ter perdido o pai para a Covid-19 e o convenceu a levá-lo até a Paraíba.

"O rapaz solicitou a corrida em Maceió e o destino era Paraíba. Ele entrou dentro do carro chorando e eu disse que era longe, mas ele não parava de chorar e eu me comovi. Já perdi meu pai e me comovi pela suposta dor que ele estava sentindo", disse. 

Confira a entrevista com o motorista, exibida no Balanço Geral Alagoas, da TV Pajuçara / Record TV.

O suspeito pelos crimes é o adolescente de 16 anos, que fugiu após matar a esposa, a também adolescente Erika Monteiro dos Santos, de 16 anos, no município de Messias, Região Metropolitana de Maceió, na noite do último domingo (23).

Suspeito preso

A fuga do adolescente foi interrompida na última segunda-feira (24), quando ele foi apreendido na cidade de Caiçara, no Agreste da Paraíba,  durante uma operação conjunta das Polícias Militar e Civil.

O menor, que teria confessado para a mãe que matou Erika, por meio de mensagens enviadas por aplicativo de celular,  foi levado à delegacia da cidade de Guarabira.