Polícia

Mulher encontrada decapitada foi morta porque queria abandonar o tráfico de drogas

João Victor Souza | 06/08/21 - 10h55 - Atualizado em 06/08/21 - 13h33
Corpo de Emily Vitória foi encontrado na última segunda-feira numa área de mata em Rio Largo | Reprodução

O suspeito de decapitar uma mulher no município de Rio Largo confirmou à polícia que participou do crime e registrou o assassinato em vídeo. Ele também revelou o apelido de outros três criminosos e afirmou que a vítima tinha envolvimento com o tráfico de drogas na cidade.

O delegado Vinícius Ferrari disse ao TNH1 que ainda vai colher o depoimento do homem, mas já recebeu informações de policiais militares do Bope que realizaram a prisão do mesmo. Para os PMs, o suspeito, vulgo "Diabo Negro", afirmou que a vítima queria deixar o mundo do tráfico, porém o grupo não aceitou.

"Ele disse que o grupo comandava o tráfico em todo o município, então a mulher também comercializava drogas, mas teria resolvido sair, deixar o tráfico. Foi aí que ele e mais três homens se juntaram e, com o uso de facão, tiraram a vida dela", contou Ferrari à reportagem.

Ainda segundo o criminoso, os comparsas são conhecidos no município como "Biquinho", "Saixa" e "Cura". A polícia adiantou que trabalha para identificar o paradeiro deles e avançar na investigação do assassinato. O suspeito preso hoje vai responder por homicídio, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

Suspeito foi preso com armas e drogas

Militares do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) prenderam, no início da manhã desta sexta-feira, 06, o homem envolvido na morte e decapitação de uma mulher no começo dessa semana. Ele foi capturado com armas e drogas no Conjunto Jarbas Oiticica, em Rio Largo.

Com o suspeito, a polícia encontrou um pacote de maconha, de quantidade ainda não especificada, um revólver, com três munições, um facão e sete celulares. Uma mochila e aparelhos de rádio também foram recolhidos pela equipe.

Corpo foi localizado sem cabeça

O corpo da vítima foi encontrado com a cabeça decepada em Rio Largo, no dia 02 de agosto, por populares próximo à estação de tratamento de esgoto na Mata do Rolo. Para o recolhimento do cadáver foi necessário acionar o Corpo de Bombeiros, pois estava em um ribanceira de difícil acesso.

Veja o vídeo: