Nordeste

Mulheres morrem baleadas na porta de casa durante ação da PM em Salvador

Bahia Notícias | 05/06/21 - 18h05

Viviane Soares, de 32 anos,e Maria Célia de Santana, de 69 anos, morreram nesta sexta-feira (4), após serem baleadas na porta de casa, no Curuzu, bairro Liberdade, em Salvador. Testemunhas contaram que policiais militares perseguiam um homem em um carro branco, na Rua dos Pinhais, na localidade do Curuzu.

Ao tentar fugir, o suspeito bateu com o carro em um caminhão que estava estacionado e saindo correndo a pé. Foi neste momento que, segundo os moradores, os policiais começaram a atirar e atingiram as duas mulheres, que estavam no local. A divulgação do caso foi feita pelo G1. 

De acordo com a reportagem, a Polícia Militar confirmou um pedido de apoio de guarnições e viaturas da 37ª Companhia Independente foram até a Rua Conteda, no Curuzu, mas não deu outros detalhes.

Ao site, o pai de Viviane fez um desabafo emocionado: “As corporações estão cheias de despreparados, atirando de tudo quanto é jeito. E agora? Como fica essa vida que se foi? Duas vidas que se foram", lamentou Jair Pedreiro. Ela era manicure e deixa um filho de 10 anos. 

"Vou na corregedoria para ver como vai ficar. Não vai trazer a vida da minha filha, não. Minha filha não me deu desgosto. Minha filha corria atrás: trabalhava, fazia unha, fazia faxina. E agora, como é que fica essa situação?”, falou.