Interior

Músico que desviou de mulher e foi atingido por moto morre em hospital no interior alagoano

João Victor Souza | 21/06/24 - 09h37
Reprodução/Vídeo

O músico vítima do acidente entre duas motocicletas em trecho da AL-115, no município de Igaci, morreu nessa quinta-feira (20) no Hospital de Emergência do Agreste (HEA), em Arapiraca, três dias depois da colisão. Ele foi identificado como Fagner Pacheco Lima e tinha 25 anos de idade.

As imagens do acidente repercutiram nas redes sociais nesta semana. Isto porque uma pedestre o teria provocado, ao atravessar a pista na frente do músico e fazer com que ele desviasse dela. Em seguida, a vítima foi ao chão e se chocou com outra moto. Mais três pessoas ficaram feridas. Reveja:

O Instituto Médico Legal confirmou à produção da TV Pajuçara/Record que uma equipe esteve no HEA na última noite para o recolhimento do corpo de Fagner. Ele agora vai passar por exame de necropsia e deve ser liberado ainda na manhã desta sexta-feira (21). 

Fagner trabalhava como percussionista (Crédito: Reprodução/Instagram)

Fagner morava em São Sebastião e era percussionista da banda do cantor Carllos Bernardo. Ele também era dono de uma loja on-line de importados de acessórios masculinos, a 'Fagner Import's', e colaborador do perfil Diário Junino, de divulgação de conteúdo digital.

No último dia 13, o músico publicou: "A felicidade consiste em três pontos: trabalho, paz e saúde". A frase representava o momento de Fagner, que se preparava para as festas de São João. 

O músico também trabalhava com importados (Crédito: Reprodução/Instagram)