Polícia

Nova perícia é realizada na casa de idosos mortos com neta de três anos, em São Sebastião

TNH1 | 02/10/21 - 10h31 - Atualizado em 02/10/21 - 11h01
Arquivo Pessoal

Uma nova perícia foi realizada na casa onde ocorreu o assassinato de dois idosos e de uma criança de três anos, no município de São Sebastião, Agreste alagoano. Desta vez, as equipes fizeram uso da substância luminol, reagente usado por peritos para identificar manchas de sangue, o que pode sugerir a dinâmica do que aconteceu no dia do crime. Segundo o delegado Fernando Lustosa, responsável pelo caso, o inquérito já deve avançar na próxima semana, também com depoimentos de familiares das vítimas.

"Foi feito o procedimento para tentar identificar a presença de sangue, já que a casa passou por lavagem. Nós também estamos no aguardo pelos resultados dos laudos da perícia papiloscópica, para tentar encontrar digitais, assim como foi coletado material genético do suspeito preso para comparar com o material das unhas das vítimas. Esses laudos devem sair ainda esse mês", disse Lustosa.

O delegado destacou também que a polícia segue em diligências para notificar os parentes das vítimas para eles se apresentarem à unidade policial na próxima semana para depor. O objetivo neste primeiro momento é ouvir o pai da criança, que é genro dos idosos, e os irmãos das duas vítimas adultas, além de amigos e vizinhos.

Ontem, a polícia comunicou que uma pessoa foi presa por suposto envolvimento no crime, investigado preliminarmente como latrocínio. Ele foi direcionado ao Centro Integrado de Segurança Pública para prestar esclarecimentos e teve o nome preservado. A polícia não descarta a participação de mais de uma pessoa nas três mortes.

O caso - Os corpos de dois idosos e uma criança foram encontrados enrolados em lençóis, na manhã de 30 de setembro, em uma casa na zona rural de São Sebastião. A Polícia Civil afirmou que a linha de investigação inicial é de crime de latrocínio, já que objetos pessoais e valores teriam sido levado da residência. A polícia apura também se eles teriam sacado uma quantia em dinheiro de um empréstimo feito recentemente. 

A casa estava trancada e a polícia encontrou os corpos em um cômodo da residência. O Instituto de Criminalística realizou a perícia no imóvel e o Instituto Médico Legal foi acionado para recolher os corpos das vítimas. Ainda segundo a polícia, a criança seria neta do casal de idosos.