Polícia

Operação de combate ao tráfico cumpre mandados em Arapiraca e Maceió

Até o momento 15 suspeitos de envolvimento foram presos em Arapiraca; operação continua até o fim do dia

14/02/17 - 06h27 - Atualizado em 14/02/17 - 06h51
Cortesia ao TNH1 / Alysson Antonio

Uma ação denominada Cidade de Deus (CDD) pelas forças integradas da Secretaria Segurança Pública (SSP), foi desencadeada nesta terça-feira (7), para combater o tráfico de drogas no Estado, cumprindo 17 mandados de prisão, e 27 de busca e apreensão em vários bairros no município de Arapiraca, principal cidade do Agreste alagoano, e na Capital. Até o momento 15 pessoas foram presas.

Desde a madrugada a operação acontece simultaneamente no Conjunto Jardim das Paineiras, mas conhecido como CDD, no bairro Zélia Barbosa, Baixa Grande, Massaranduba, Jardim de Maria, Senador Arnon de Melo, Manoel Teles, Olho d’água dos Cazuzinhas, Antares, Maceió. Os mandados foram expedidos pela 17ª vara da Capital. Cerca de cem policiais civis, militares, estão envolvidos no cumprimento dos mandados em Arapiraca.

Investigação
A organização criminosa vinha sendo acompanhada há cerca de seis meses e durante este período foram realizadas diversas operações de inteligência com a finalidade de confirmar e identificar os possíveis membros da organização investigada.

Durante os trabalhos ficaram comprovadas as participações de "Marquinho" e "Guegeu", líderes da organização. Além deles, uma mulher identificada como "Taíse", gerente do tráfico e os seguranças Shrek e Eduardo. 

As ações integradas foram coordenadas pela SSP em parceria com a Delegacia de Repressão ao Narcotráfico (DRN), 3º Batalhão de Polícia Militar, 4ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Arapiraca, Delegacia de Homicídio de Arapiraca (DHA), Batalhão de Operações Especiais (BOPE), 10º BPM, 1ª CPM/I e Grupamento Aéreo.Chegada dos presos 

Os presos serão encaminhados à Central de Polícia de Arapiraca, onde ficarão à disposição da Justiça. Eles responderão pelos crimes de Organização Criminosa e Tráfico de Drogas. Todos serão ouvidos na delegacia e posteriormente, serão encaminhados para a casa de custódia, no município de Arapiraca.