Polícia

Operação em Água Branca prende 7 suspeitos de vários crimes

Mulher aliciaria crianças para que fossem abusadas sexualmente; explosivos e armas foram apreendidos

13/04/16 - 06h30 - Atualizado em 13/04/16 - 08h48
Ascom PC

Sete pessoas foram presas nessa terça-feira (12) durante operação policial no município de Água Branca, no Sertão alagoano, acusadas de diversos crimes, inclusive de participação na prática de abuso sexual de crianças que viviam na zona rural da região. A ação foi em cumprimento a mandados expedidos pelo juiz Rômulo Vasconcelos. 

Segundo informações do delegado Rodrigo Cavalcante, os irmãos Edilson e Edmilson Rodrigo da Silva, de 28 e 33 anos, são suspeitos de estuprar crianças que viviam em comunidades carentes do município, aliciadas por Roseane da Conceição dos Reis, 25, que também foi presa.

Além deles, foram detidos Manoel Porfírio da Silva, Luiz Fernando da Silva e Israel da Silva, acusados de roubo, porte ilegal de armas, entre outros crimes. Com eles foram apreendidas espingardas de diversos calibres, além de muita munição.

Já na casa de Geraldo Feitosa, de 45 anos, foram encontrados explosivos, o que segundo Rodrigo Cavalcante, o torna suspeito de participação em assaltos a bancos na região. Cerca de R$ 8 mil também foram apreendidos com o suspeito.

A mobilização contou com policiais da Delegacia Regional de Delmiro Gouveia, da Delegacia e Grupamento de Policia Militar de Água Branca, do Pelotão de Operações Policiais Especiais (Pelopes) do 9° Batalhão, da Companhia de Operações Policiais Especiais do Sertão (Copes), do serviço de inteligência da 2ª Seção,  equipe do Instituto Federal de Fiscalização (IFF).

Os presos foram conduzidos para delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP) de Delmiro Gouveia.

Operação em Água Branca prende 7 suspeitos de vários crimes
Operação em Água Branca prende 7 suspeitos de vários crimes