Polícia

Operação em condomínio residencial no Antares teve dois mortos

15/02/17 - 09h33 - Atualizado em 15/02/17 - 15h49
Cortesia

Dois tiroteios que ocorreram simultaneamente, no bairro do Antares, em um condomínio residencial, na manhã dessa terça-feira (14), deixou dois mortos, durante a Operação Cidade de Deus, que cumpriu 44 mandados de prisão e de busca e apreensão em Arapiraca e Maceió.

Claydson Paulino Alves de Jesus, 23 anos, e Marcos Paulino da Silva, 33, morreram durante abordagens dos policiais do Batalhão de Radiopatrulha (BPRP) e do Bope, respectivamente, onde segundo a polícia houve troca de tiros.

As mortes ocorreram em apartamentos diferentes, mas no mesmo condomínio. Em um dos imóveis, Claydson Paulino teria disparado contra o BPRP, que reagiu e o atingiu com quatro tiros no tórax. Marcos Paulino foi abordado pelo Bope e foi atingindo com dois tiros no abdômen.

Ambos foram socorridos pelas forças integradas da SSP, sendo levados ao Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiram aos ferimentos e morreram.

No apartamento de Claydson foram encontrados um revólver calibre 38, 5,4kg de maconha em tabletes e 50g em bombinhas, uma balança de precisão pequena, um caderno e uma agenda de anotações, um aparelho celular da marca Asus, um relógio de pulso da marca Diesel, sete rolos de papel filme, dois anéis, uma corrente dourada, alguns documentos em nome de David Paulino de Araújo e Camila Fonseca de Araújo, além de uma motocicleta de marca Honda, modelo CG 150 Titan, azul, de placa MVG 2364/AL, sem queixa de roubo.

Já no apartamento de Marcos, foram encontrados um revólver calibre 38 e um veículo de Kia Soul, vermelho, placa NME 8298/AL, também sem queixa de roubo.

Todo material apreendido foi levado ao Complexo de Delegacias Especializadas.

*Estagiário sob supervisão