Polícia

Pai e filho de Arapiraca são presos por assassinato de policial civil em Pernambuco

Redação TNH1 com JC Online | 15/07/20 - 18h07 - Atualizado em 15/07/20 - 18h17
Ascom PC PE

Uma operação denominada "Lança Gloriosa" foi deflagrada no estado de Pernambuco para prender integrantes de uma organização criminosa que seria "especializada" em homicídios de policiais. Entre os presos na operação nessa terça-feira (14) estão dois alagoanos.

Foram presos os arapiraquenses Kleber Barbosa dos Santos, de 44 anos, conhecido como "Binha da Água", e o filho dele, Kleverton Barbosa Mendonça, de 21 anos, conhecido como "Papudinho". De acordo com informações de uma fonte da Polícia Civil de Alagoas ao TNH1, Kleber foi encontrado com uma pistola ponto 40 em uma chácara, na cidade de Bom Conselho. Já "Papudinho" estava no município de São Vicente Ferrer, quando foi localizado pelos policiais.

Os dois são suspeitos de estarem envolvidos na morte do policial civil pernambucano José Rogério Duarte Batista, de 56 anos. Ele foi morto no último dia 30 de maio, às margens da rodovia PE-90, em Surubim, no agreste pernambucano.

Em coletiva de imprensa na manhã desta quarta-feira (15), a Polícia Civil informou que prendeu três dos cinco integrantes de uma organização criminosa que atuava na prática de homicídio qualificado de agente público e porte de armas de calibre restrito. Dois estão foragidos.

Investigação do crime 

Após os depoimentos preliminares dos suspeitos, constatou-se que o automóvel foi vendido em Arapiraca, no Estado de Alagoas, para um dos envolvidos, conhecido pela prática de várias modalidades criminosas, conforme informações da Polícia Civil de Alagoas. Após isso, as diligências chegaram até os outros autores do crime. Ao ser interrogado, um dos criminosos confessou o crime e indicou os co-autores. Nos mandados de busca e apreensão, foram apreendidos uma pistola, três carregadores municiados e um revólver, além de munições. A polícia acredita que a motivação para o crime teria sido por Rogério ser um policial muito atuante na região, gerando “incômodo e até prejuízo para os criminosos”, o que levou a execução da vítima.

O Chefe da Delegacia da Policia Civil de Pernambuco, delegado Nehemias Falcão, lamenta o homicídio. “A polícia sente muito pela morte do colega Rogério Duarte, que há mais de 30 anos se dedicou à instituição e à sociedade, realizando trabalhados que sempre foram conhecidos por seus pares e pelos seus superiore. Hoje é um momento de certeza que a instituição buscou apresentar para a Justiça a identificação dos autores e o trabalho não para por aqui. Nós continuamos diligenciando no sentido de capturar os dois que estão foragidos”, explica.

Acredita-se que um deles tenha tido o corpo encontrado morto na Paraíba. A Polícia Civil investiga juntamente com a Polícia da Paraíba.

Imagens de câmeras de segurança foram fornecidas para a imprensa local pernambucana, com o flagrante do momento do crime. 

Veja o vídeo:

 

Ainda de acordo com a Polícia, segue foragido outro filho de Kleber, Kedson Barbosa, que mora em Arapiraca. Kedson também teria participação no assassinato do policial civil em Pernambuco.