Brasil

Pai se passa por filho e marca encontro com assediador em Fortaleza

Camilla Bibiano* | 20/02/19 - 10h08 - Atualizado em 20/02/19 - 10h08
Paulo Sadat/ TV Diário

Um militar da reserva foi preso em flagrante nessa terça-feira (19), no Ceará, por tentar marcar um encontro com um adolescente de 12 anos. O pai do menino se passou pelo filho e flagrou o suspeito, que tem 55 anos, em uma tentativa de assédio. 

Segundo a polícia, o militar foi espancado pelo pai e por vizinhos. O homem será indiciado pelo crime de armazenar material pornográfico envolvendo crianças ou adolescentes. 

A polícia também explicou que o fato de o pai ter fingido ser o menino impossibilitou que ele também fosse enquadrado por aliciamento e assédio.

O primeiro contato do militar com o adolescente foi feito pelo Facebook no último domingo (17). O garoto estranhou a conversa e mostrou para o pai, que teve a ideia de se passar pelo filho e marcou um encontro com o homem na própria casa, no bairro de Fátima, na manhã de terça.

Ao chegar à residência, o suspeito encontrou o pai do adolescente e vizinhos, que já estavam sabendo do caso. O militar da reserva sofreu uma tentativa de linchamento, segundo a polícia.

Nas conversas com o garoto, o homem pedia fotos de suas partes íntimas e pedia para que ele fizesse vídeos. O suspeito também chegou a mandar imagens de relações sexuais com menores de idade.

Ele foi levado à Delegacia de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente (Dceca), onde foi ouvido. No aparelho celular dele, a polícia constatou o material pornográfico.


*Estagiária sob supervisão da editoria