Curiosidades

Passear de carro com cachorro pode causar multa; saiba como evitar

04/02/17 - 15h31 - Atualizado em 04/02/17 - 16h03
Reprodução

Animais de estimação são considerados como parte da família para muita gente. Inclusive alguns bichos não desgrudam dos donos e vão aonde eles forem. Isso inclui, claro, passeios de carro. Pois saibam que há maneiras corretas de transportar seu companheiro. Caso não seja da forma correta, a legislação prevê multa para transporte de animais.

É bem comum ver nas cidades brasileiras, um cachorro à tira-colo do motorista. Ou mesmo o bichinho com a cara para fora do veículo sentindo o vento. Pois saibam, que esses dois comportamentos são proibidos pelo Código Brasileiro de Trânsito (CBT), e gera multa para transporte de animais e perda de pontos na Carteira Nacional de Habilitação.

Multa para transporte de animais

A lei diz textualmente que o animal não pode ser transportado na parte externa dos veículo. Isso quer dizer que, não, seu bicho não pode nem colocar a cabeça para fora, como é muito comum por aí. A atitude pode gerar multa para transporte de animais.

Outro caso bastante comum é a do bicho solto pelo carro. O Código de Trânsito prevê que um animal não pode tirar a atenção do motorista. O comportamento vale uma multa de R$ 53 e três pontos na carteira. Sem contar o constante risco que o motorista e o animalzinho correm.

Da mesma forma, ficar com o cachorrinho no colo ou próximo à janela, no lado esquerdo do motorista, rende quatro pontos na carteira e multa.

O que diz a legislação

Os artigos

Art. 169 - Dirigir sem atenção ou sem os cuidados indispensáveis à segurança. Multa de R$ 53,20 e três pontos na carteira

Art. 235 - Conduzir pessoas, animais ou carga nas partes externas do veículo, salvo nos casos devidamente autorizados.

Infração – grave; (5 pontos na CNH)

Penalidade – multa; (R$ 127,69)

Medida administrativa – retenção do veículo para transbordo.

Art. 252. Dirigir o veículo:

II – transportando pessoas, animais ou volume à sua esquerda ou entre os braços e pernas;

Infração – média; (4 pontos na CNH)

Penalidade – multa.(R$ 85,13)

Cinto de segurança para cachorros

Não pensem que é incomum esse tipo de multa. Dados dos Departamentos de Trânsito de vários estados mostram que nos últimos anos esse tipo de autuação ficou comum. Para evitar a multa para transporte de animais, existem algumas soluções.

Uma dessas é o cinto de segurança para cachorro. Além de evitar as multas, também proporciona segurança para o animal e para o motorista, pois evita que o bicho eventualmente pule na frente do motorista e provoque um acidente.

O funcionamento do cinto é simples: uma espécie de coleira com encaixe para o cinto de segurança do veículo.

Onde comprar?

Não é tão difícil encontrar. Grande redes de supermercado ou a loja especializada em produtos pet também tem o produto.

Quanto custa?

Os preços variam entre R$ 22,90 e R$59,90, para o produto com cinto peitoral.