Alagoas

Perseguição policial em rodovia em União dos Palmares termina com família ferida

Condutor fugiu de abordagem da PRF e acabou perdendo o controle do veículo e caindo em barranco

11/04/16 - 10h09 - Atualizado em 11/04/16 - 10h10
Cortesia

Quatro pessoas de uma mesma família ficaram feridas, depois que o veículo em que estavam, um Celta preto, caiu em um barranco na BR-101, quando era perseguido por uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF). A ação ocorreu por volta das 22h50 deste domingo (10), no povoado Várzea Grande, em União dos Palmares, Zona da Mata alagoana.

A perseguição começou, segundo a PRF, depois que os agentes solicitaram a parada do veículo e o condutor não obedeceu. A PRF informou ao TNH1 que o veículo foi considerado suspeito por conta de informações recebidas pela corporação sobre um carro preto, modelo Corsa ou Celta, cujos ocupantes estavam praticando assaltos na região.

O Celta onde estava a família, que segundo informações colhidas pelo TNH1 ia de Ibateguara para um culto evangélico em União dos Palmares, foi abordado, mas o condutor não parou e fugiu. Na perseguição, acabou perdendo o controle e caindo no barranco.

A PRF ainda afirma que ele pode não ter parado porque estava com sinais de embriaguez.

Os ocupantes do veículo foram levados ao Hospital Geral do Estado (HGE) e três deles já foram liberados. Apenas uma mulher, ainda não identificada, continua internada, com um possível ferimento no braço.

Investigação

Informações recebidas pela reportagem apontam que o acidente teria ocorrido após a equipe da PRF abrir fogo contra o veículo. Essa versão não foi confirmada pela PRF, que diz que o caso está sendo apurado pela corregedoria do órgão.

A corporação disse que o procedimento padrão é perseguir o veículo até a sua parada e apenas utilizar o armamento quando o suspeito reagir atirando.