Política

Polêmica na ALE: quem vai promulgar a lei da "Escola Livre"?

Presidente em exercício se recusa a assinar a lei; Thaíse Guedes, na linha de sucessão, pediu licença médica

05/05/16 - 20h43
Ascom ALE

O polêmico projeto do deputado estadual Ricardo Nezinho (PMDB) continua a provocar situações inusitadas na Assembleia Legislativa. Além de movimentar a comunidade educativa do Estado e até provocar uma reação contrária do Ministério da Educação, agora tem problemas para ser promulgada pela Casa.

Mesmo depois de aprovada, a lei precisa ser obrigatoriamente promulgada para valer. O governador Renan Filho assim não o fez. Agora é o presidente em exercício, Ronaldo Medeiros (PMDB) que se recusa. Thaíse Guedes, na linha de sucessão, pediu licença médica, mas foi vista na mesma noite em um bar badalado de Maceió. Veja detalhes sobre esse imbróglio na reportagem de Thiago Correia.