Polícia

Polícia faz buscas em unidades de saúde para identificar suspeito de balear militar

12/04/16 - 10h13 - Atualizado em 12/04/16 - 10h15
Reprodução

A Inteligência da Polícia Militar (PM) realiza nesta terça (12) um levantamento junto às unidades de saúde da região metropolitana de Maceió na tentativa de identificar e prender um dos suspeitos de balear o cabo José Américo durante um assalto na Serraria.

O suspeito pode ter procurado atendimento médico após ter se ferido durante uma perseguição policial no Benedito Bentes, na noite de ontem. Policiais dispararam tiros na direção dos assaltantes, mas não conseguiram prender o grupo, que escapou por uma grota no Conjunto Frei Damião. O carro do cabo Américo, roubado no assalto, foi abandonado no local.

A assessoria de comunicação da Secretaria de Segurança Pública informou ao TNH1 que a viatura onde os militares estavam ficou com perfurações, mas que foram provocadas pelos tiros disparados de dentro do carro. Não teria havido reação dos suspeitos.

De acordo com o comandante de Policiamento da Capital, coronel Wilson Silva, a Inteligência da Polícia Militar continua investigando o assalto e tentando identificar os envolvidos no crime. “Não paramos ainda de trabalhar nesse caso, e em breve deveremos apresentar resultados para a população”, garantiu o comandante.

Estado de saúde da vítima

O cabo José Américo segue internado na área azul do Hospital Geral do Estado. Segundo o comandante do CPC, o boletim médico informou que ele está fora de perigo e se recupera bem.

O comandante informou ainda que a polícia ainda não conversou com o militar baleado após o crime. “Apenas a equipe médica do batalhão teve acesso a ele, mas assim que for possível, nós conversaremos com ele para colher informações sobre o crime".

Relembre

O cabo da Polícia Militar, José Américo da Silva, 53 anos, do 5º Batalhão, foi baleado no início da tarde desta segunda-feira (11), após reagir a um assalto em frente a uma loja de assistência técnica de celulares, próximo ao Conjunto Samambaia, na Serraria.

O militar foi alvejado com um tiro nas costas pelos bandidos. Ele foi socorrido por uma testemunha e encaminhado ao HGE. O carro do cabo, um Siena, foi levado pelos bandidos e abandonado no Conjunto Frei Damião, na região do Benedito Bentes, próximo ao supermercado Preço Bom. Uma das armas do militar estava no carro.