Polícia

Polícia prende suspeito de matar homem que teve corpo encontrado em matagal

João Victor Souza | 03/09/19 - 16h12 - Atualizado em 03/09/19 - 16h24
Corpo de José Carlos foi encontrado na manhã desta terça-feira, 03 | Reprodução

A Polícia Civil prendeu o principal suspeito do crime contra José Carlos Dantas de Farias, de 52 anos, conhecido como "Carlinhos Carroceiro", que teve o corpo encontrado na manhã desta terça-feira, 03, em um matagal no bairro de Mata do Rolo, em Rio Largo, na região Metropolitana de Maceió. A vítima estava desaparecida desde domingo, 1º.

Tratado apenas como "Murici", o suspeito vai ficar recluso na delegacia de Rio Largo, pois tinha um mandado de prisão em aberto contra ele, por um crime cometido em 2012, no município de Murici, sua cidade natal. A polícia segue em diligências para executar a prisão do mesmo em flagrante, pela morte de José Carlos.

De acordo com o delegado Lucimério Campos, da Delegacia de Homicídios de Rio Largo, a vítima foi encontrada com uma lesão na cabeça, provavelmente causada por um objeto contundente. A perícia vai identificar se o homem também foi baleado antes de morrer.

“O cadáver foi encontrado com um grave lesão na cabeça, mas não sabemos se foi causada por uma pancada ou por um disparo de arma de fogo. Policiais que estiveram no local também relataram que ele estava com os pés amarrados por uma corda. Vamos aguardar a perícia para saber esses detalhes. Os familiares já se encontram na delegacia”, destacou.

Campos também ressaltou que a vitima e o suspeito se conheciam, mas não mantinham amizade, e a motivação do assassinato ainda vai ser revelada. Além disso, ele não descartou a participação de mais uma pessoa no crime. "O suspeito negou o envolvimento durante depoimento", finalizou o delegado.

O corpo foi recolhido e levado a sede do Instituto Médico Legal.